Take a fresh look at your lifestyle.

Datafolha faz pesquisa no Rio de Janeiro com 1200 pessoas e dois candidatos a presidência são mais citados:

Acompanhe as pesquisas sobre candidatos à presidência.

Rio de Janeiro, 2 de julho de 2022, por Priscila Lívia — Datafolha faz pesquisa no Rio de Janeiro com 1200 pessoas e dois candidatos à presidência são mais citados. Veja no Blog Diário Prime, quem pode ser nosso próximo Presidente da República e quais as motivações dos que foram entrevistados.

Saiba que Datafolha faz pesquisa no Rio de Janeiro com 1200 pessoas e dois candidatos à presidência são mais citados: veja o debate

Com as eleições chegando, é preciso ficar atento aos debates. Afinal, o Brasil se encontra em uma crise política. Por isso, saber quem pode-se nosso próximo Presidente da República importante para estar preparado às mudanças.

Opinião dos eleitores do Rio de Janeiro entrevistados

Nesta sexta-feira, 1 de julho de 2022, apurada uma grande disputa entre as intenções de voto para presidente. No topo está Lula, ex-presidente, com 41% dos eleitores ao seu lado. Enquanto Bolsonaro segue em segundo lugar com 34%.

Ao todo, estão registrados 13 candidatos. Mas esses dois estão em destaque na opinião pública. Portanto, a pesquisa também questionou os eleitores sobre quem eles não votariam de forma alguma.

De acordo com os dados, 52% afirmaram que não votariam em Bolsonaro. Por outro lado, 42% disseram que não votariam em Lula. Encontrada uma relação entre a classe das pessoas e sua opinião enquanto eleitores.

Desse modo, outros citados, mas não alcançaram um ponto percentual os pré-candidatos Eymael (DC), Pablo Marçal (Pros), Leonardo Péricles (UP) e Luciano Bivar (União Brasil). O general Santos Cruz (Podemos) não mencionado.

Luta entre direita e esquerda chega às classes brasileiras

Segundo os dados fornecidas da pesquisa, a correlação de classes não pode deixar de ser feita. Afinal, muito se sabe que o maior embate entre esses dois candidatos é sua ideologia política. Em especial, porque pode interferir no modo como tratam as leis.

Entre as pessoas que não votariam em Bolsonaro, a maioria pertence à classe assalariada. Dessa forma, pode-se constatar uma insatisfação com as ações do atual Presidente da República por parte dessas pessoas.

Por isso, pode-se dizer que a maioria das pessoas que não votariam em Lula são apoiadores de Bolsonaro. Afinal, 79% dos que deram essa resposta constitui-se de empresários. Enquanto 59% recebem entre 5 e 10 salários mínimos.

Forma de pesquisa

O Datafolha entrevistou 1.218 eleitores no Rio de Janeiro, entre os dias 29 de junho e 1.º de julho, em 32 municípios do estado. A margem de erro do levantamento é de três pontos percentuais para mais ou para menos, com nível de confiança de 95%, sob o registro na Justiça Eleitoral com os números RJ-00260/2022 e BR-03991/2022.

1 comentário
  1. Mundo Feminino Diz

    Olá tudo bem? Espero que sim 🙂
    Adorei seu artigo,muito bom mesmo!
    Abraços e continue assim.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.