Deolane fala sobre preconceito em Alphaville; confira

São Paulo, 24 de maio, terça-feira, por Debora Souza, do site Diário Prime– Nesta segunda-feira, Deolane Bezerra falou sobre sua vida e ostentação durante uma entrevista para o canal do apresentador Maurício Meirelles, no YouTube.

Sendo assim, a advogada não poupou nas críticas aos seus vizinhos do Alphaville: “Tem uns que usam tornozeleira eletrônica, tudo tem cara de estelionatário”. Como também, diz sofrer preconceito. Ainda diz que vizinhos mandaram ela voltar para a favela.
Deolane fala sobre ostentação e preconceito
Juntamente ao lado de suas irmãs, Danielle e Dayanne, a viúva de Mc Kevin, disse que gosta de esbanjar e ostentar, mas que isso nunca afetou a sua humildade.

Deolane diz durante a entrevista: “Eu amo ostentar e eu trabalho para ca****. Não acho que para você ser simples, necessariamente precise ser pobre”, disse a advogada.

Veja: Gabriel Breier diz que preservativo é antibiológico e que é contra

Logo em seguida, a influenciadora falou que seu maior objetivo no momento é construir um condomínio apenas para ela em Alphaville, lugar onde mora, para não precisar conviver perto dos seus vizinhos.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por DEOLANE BEZERRA ⚖️ (@deolaneb_)

Veja também: Nicole Bahls fala de traição de Arthur Aguiar

Dessa forma, ela ainda diz sobre sua relação com os vizinhos do condomínio e os conflitos: “Eles não gostam de mim. Mandam eu voltar para a favela toda hora. As pessoas acham que eu tive dinheiro agora, sendo que eu vivo bem desde os meus 25 anos. Trabalhando como advogada comprei um apartamento e andava em um carro de R$500 mil. Já tinha o meu escritório e também duas casas de aluguel”, explicou.
Críticas
Sendo assim, Deolane não economizou nas críticas aos vizinhos. Disse ainda: “Eu acho que eles é um monte de f****. Porque vão vários oficiais de Justiça na porta deles. Tem uns que usam até tornozeleira eletrônica no condomínio. São tudo recalcados e com cara de estelionatário. E ainda têm coragem de me criticar”.

A advogada ainda fala que a implicância não tem motivo, acrescentou: “Eles implicam comigo por nada, eu nem faço festa em casa. E quando faço é só um churrasquinho. Só se incomodaram porque um dia postei o valor da minha conta de luz de R$2,8 mil. Antes disso, eu morava em um apartamento e não era normal vir esse valor de luz. Quando compartilhei, achei que era um absurdo, aí me mandaram voltar para a favela e ir fazer gato”, disse.

Confira ainda: Ex-namorado da mãe de Neymar pede desculpas após comentários

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceito Leia Mais

Política de privacidade e cookies