Top Stores

- Publicidade -

Violência contra motorista de aplicativo será combatida com plano conjunto em Minas Gerais

O Governo do Estado, juntamente com a Polícia Militar, criou uma série de ações de combate aos crimes contra quem dirige para aplicativos

Top Stories Tem como fazer Pix pelo caixa eletrônico? Tire suas dúvidas hoje

Um plano conjunto, entre o Governo de Minas Gerais e a Polícia Militar, foi criado para combater a violência contra motorista de aplicativo. De acordo com a PM, haverá a sinalização dentro do próprio aplicativo dos batalhões, bases e companhias.

Portanto, leia mais: Quem É Claudinho? Um Dos Destaques Do Red Bull Bragantino Na Temporada

A ideia principal é que as empresas façam adaptações dentro dos apps
A ideia principal é que as empresas façam adaptações dentro dos apps – Foto: Canva Pro

A sinalização no mapa ao app não possui ainda uma data certa para a implantação. Entretanto, todos os pormenores já estão sendo estudados. Como o índice de violência contra motorista de aplicativo só vem aumentando nos últimos meses, uma atitude para combater a criminalidade teve que ser tomada com urgência.

Violência contra motorista de aplicativo deve ser contida com um plano de ação

Os motoristas de transporte dessa categoria têm ficado cada vez mais assustados com a quantidade de crimes que veem ocorrendo. Registrou-se, apenas em janeiro, quatro ocorrências na capital mineira.

Alguns trabalhadores fizeram manifestações pedindo que as autoridades tomassem atitudes rápidas. Os manifestantes alegavam a necessidade de maior segurança, bem como de ações de inibição dos criminosos.

A apresentação desse plano se deu na semana passada, em uma reunião com a parte representativa dos motoristas. Esteve presente Mateus Simões, secretário-geral do Estado, e o Coronel Eduardo Alves, chefe do Estado Maior.

Como será o plano na prática

A Polícia Militar explicou um pouco acerca do funcionamento desse plano e de como vai apoiar os usuários e motoristas no combate à criminalidade. Além das inovações no aplicativo, haverá alertas para os trabalhadores com relação aos comportamentos suspeitos.

Conquanto, confira também: Saiba quem foi o primeiro jogador brasileiro a fechar um patrocínio…

A prioridade é preservar a integridade física e segurança de quem trabalha e quem usa esse tipo de serviço de transporte. É um tipo de estratégia em conjunto para combater a violência contra motorista e aplicativo.

A ideia principal é que as empresas façam adaptações dentro dos apps, por exemplo, a adição de um botão do pânico. Segundo a Polícia, algumas ações simples surtirão bons efeitos, tal como o acesso direto ao “socorro”.

A PM ainda informou que vai atuar de forma preventiva, mas também reativa. Assim, será possível a ampliação das linhas de monitoramento, planos de contingência, entre outras coisas.

Estruturar a rede dos motoristas protegidos, assim como aumentar o número dos militares em pontos estratégicos e nas viaturas, também será uma contribuição. Assim, durante o trajeto da viagem, o motorista verá na tela do celular qual é a base mais próxima.

Dessa forma, em caso de situações de risco, o trabalhador terá a opção de desviar da rota, dirigindo-se para o posto policial. Essas e outras adaptações começaram a ser feitas desde o dia 12/01, mas não se sabe quando estarão totalmente implantadas para combater a violência contra motorista de aplicativo.

Portanto, você também pode se interessar: Covid-19 em Minas Gerais: número de casos tende a aumentar e vacinação pode…

Rate this post

Para obter mais conteúdos siga o Diário Prime no Google News.
Comentários
Loading...