Zé Neto entra em live de Gusttavo Lima e aconselha: “silencia, faça isso irmão”

Os sertanejos se defendem de acusações

São José do Rio Preto, 31 de maio, por José Vitor Rack do Diario PrimeZé Neto surpreendentemente entrou em live de Gusttavo Lima ontem à noite, no Instagram, tentando convencer o cantor sertanejo a não se justificar por receber cachês milionários de prefeituras de pequenas cidades brasileiras.

“Cara, quem tem que dar satisfação sou eu, irmão. Tô atravessando uma fase ruim, sou seu irmão. Não precisa se explicar. Joga pra mim, irmão. Não tem nada a ver com você”, completou Zé Neto. Antes de mais nada, Gusttavo Lima parece não ter dado ouvidos, A live durou mais de vinte minutos.

A saber: Gusttavo Lima chora em live e diz que não tem ligação com dinheiro público

nego silencia, faça isso irmão 🗣😂 pic.twitter.com/qFUxEJrF1Y

— PAN (@forumpandlr) May 31, 2022
Logo após: Tico Santa Cruz agradece Anitta: “A gente descobriu”
Zé Neto aconselhou Gusttavo Lima a silenciar sobre o assunto
“Nós somos artistas e não dependemos de Lei Rouanet, nosso cachê quem paga é o povo. A gente não precisa fazer tatuagem no ‘toba’ para mostrar se a gente está bem ou não”, falou Zé Neto durante um show em Sorriso, Mato Grosso, no começo do mês.

Acima de tudo, esse foi o estopim para o início da crise entre cantores sertanejos e fãs de Anitta, que desembocou nas investigações que descobriram centenas de suspeitas de irregularidades em contratações de shows sertanejos. Tudo respingou em Gusttavo Lima, que parece ser o mais prejudicado.

Shows cancelados, desconfiança geral de parte da sociedade. Tudo causado pelo destempero de Zé Neto, que, a princípio, admite ter passado do ponto em seu discurso contra a tatuagem anal da funkeira carioca.

Vários artistas se manifestaram. Sérgio Reis defendeu o uso de dinheiro de prefeituras, alegando que não seria dinheiro público. Tico Santa Cruz se sentiu vingado, afirmando que nunca se locupletou de verbas da Lei Rouanet, como era acusado de fazer.

Ademais: André Marques deixa a Globo: “Sou só gratidão!”

E eu achando que tava só fazendo uma tatuagem no tororó

— Anitta (@Anitta) May 29, 2022
Querendo jogar pedras no vizinho, Zé Neto se esqueceu de seu telhado de vidro
Afinal, o pano de fundo para toda essa guerra no meio da música envolve dois fatores; dinheiro e política. O dinheiro de prefeituras abastece cofres de cantores sertanejos e isso ficou certamente comprovado conforme investigações. Várias prefeituras estão revendo seus investimentos nisso.

A política também interfere nisso, já que, portanto, o meio sertanejo apoia a reeleição do presidente Jair Bolsonaro. Já Anitta e muitos outros artistas certamente preferem apoiar a candidatura de Lula. Essa faísca causou as animosidades. Abriu a chama que agora queima a todos.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceito Leia Mais

Política de privacidade e cookies