Publisher Theme
Art is not a luxury, but a necessity.

- Publicidade -

Torcida do Palmeiras recebeu críticas de jornal argentino por aglomeração na semifinal da Libertadores

O clube paulista entrou em campo às 21h30 pela semifinal da Libertadores

A noite desta terça-feira (12/01) certamente é uma daquelas que aumenta os batimentos cardíacos dos torcedores do Palmeiras, por conta da disputa com o River Plate no Allianz Parque pela semifinal da Copa Libertadores.

Entretanto, muitos torcedores do palestra decidiram unir forças e vibrações positivas e se reunir entorno no estádio do clube, para acompanhar a chegada dos jogadores e estar perto do elenco, mesmo com o estádio de portas fechadas.

Lei também: Campeões da Libertadores falam sobre expectativa do Santos diante do Boca Juniors

Pelo motivo do jogo não contar com a torcida do estádio, a recomendação era que os palmeirenses não se aglomerassem por conta da pandemia causada pelo coronavírus, orientação essa que acabou sendo descumprida.

Torcida do Palmeiras recebe críticas de jornal argentino por aglomeração na semifinal da Libertadores - Foto: Marcos Ribolli/Globoesporte
Torcida do Palmeiras recebe críticas de jornal argentino por aglomeração na semifinal da Libertadores – Foto: Marcos Ribolli/Globoesporte

Ao contrário disso os torcedores do Palmeiras, vivem neste exato momento uma verdadeira festa na Barra Funda, em São Paulo, cercados por gritos, fogos, fumaça verde e principalmente esperança.

Certamente essas atitudes foram criticadas, já que podem levar ao aumento da disseminação do vírus e consequentemente elevação de casos no Brasil. Um dos questionadores da celebração, foi feita pelo jornal argentino Diário Olé, que chegou a comparar em seu site o clima dos torcedores com o clima de Copa do Mundo.

“Sem público, mas com público (se é que vocês me entendem). Os torcedores do Palmeiras desconsideraram a proibição de torcida nos estádios e foram ao Allianz Parque para incentivar a equipe antes do jogo contra o River”, dizia a matéria no jornal.

Além disso, o jornal também alfinetou o fato das torcidas organizadas do clube paulista já terem chegado ao redor do estádio três horas antes da partida começar, o que colabora ainda mais para as chances de contágio do vírus.

O tradicional jornal argentino também fez uma publicação no seu Instagram, compartilhando com seus seguidores o corredor que os torcedores fizeram para ver o ônibus que transporta o elenco chegar ao estádio. Confira as imagens:

Confira também: Biquinho? Preterido por Ceni, Gabigol polemiza com insatisfação

Palmeiras na Libertadores

O alviverde chega no jogo de volta da semifinal da Libertadores com uma folga de três pontos de vantagem, e possívelmente será um dos finalistas da competição, contra o Santos ou o Boca Juniors, que decidem a vaga na Vila Belmiro na próxima quarta-feira (13/01).

Além disso, o time de Abel Ferreira tem um dos seus melhores desempenhos da sua história na competição, seguindo invicto nas 11 partidas que disputou, sendo que em 9 delas o clube foi vitorioso.

No quesito aproveitamento, na Libertadores o clube tem 87,9% ficando atrás somente do Estudiantes-ARG, que em 1969 teve 100% de aproveitamento nos 4 jogos que disputou.

Torcida ausente e energia presente

Apesar de os torcedores terem cercado o Allianz Parque, o estádio também contou com algo que não quebrasse os protocolos contra a Covid-19, e também representassem uma energia positiva aos jogadores em campo.

Os bancos do estádio que diz “Obsessão, Glória eterna”, simbolizaram a torcida que não pôde estar presente por conta da pandemia.

Torcida do Palmeiras recebe críticas de jornal argentino por aglomeração na semifinal da Libertadores - Foto: Reprodução do Instagram da Libertadores
Torcida do Palmeiras recebe críticas de jornal argentino por aglomeração na semifinal da Libertadores – Foto: Reprodução do Instagram da Libertadores

Você também pode gostar de ler: Lesão grave tira Thiago Galhardo dos campos e jogador desfalca o Internacional

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.