São Paulo é o segundo time com mais tempo sem vencer nesta Série A

Tricolor não vence desde dezembro

O São Paulo viveu a grande fase da temporada de 2020 entre os meses de novembro e dezembro, quando chegou a obter um período de 12 jogos de invencibilidade somando Brasileirão e Sul-americana. Mas, desde a virada do ano, a história mudou completamente. É o segundo time com mais tempo sem vencer na Série A. Confira hoje (25/01) a sequência tricolor.

Líder do Brasileirão durante grande parte do segundo tempo, o Tricolor Paulista chegou a ser considerado como maior favorito à conquista do título nacional da temporada de 2020.

Matemáticos já afirmavam que o time tinha mais de 60% de chances de levantar a taça de campeão brasileiro após 12 anos da última conquista nacional. Contudo, o que vinha se encaminhando para um título tranquilo na reta final, tornou-se um pesadelo para a equipe dirigida por Fernando Diniz.

Após o empate contra o ameaçado Coritiba, em pleno Morumbi, o São Paulo atingiu a marca de exatamente um mês sem saber o que é sentir o gosto de uma vitória. Em contrapartida, vê o Internacional vencer oito partidas seguidas e disparar na primeira colocação.

São Paulo é o segundo time com mais tempo sem vencer nesta Série A São Paulo é o segundo time com mais tempo sem vencer nesta Série A (Foto: Alexandre Schneider/Getty Images)

Leia mais: Vice-líder do Brasileirão, São Paulo não ganhou nenhum jogo este ano
A sequência que tirou o São Paulo da liderança e deixou o título cada vez mais longe
O São Paulo não sabe o que é conquistar uma vitória desde o dia 26 de dezembro, quando venceu o Fluminense por 2 a 1, fora de casa, e deu sequência a um momento que na ocasião era totalmente favorável ao time do Morumbi.

Mas, após este triunfo, nada mais deu certo para a equipe de Fernando Diniz.

O primeiro tropeço aconteceu pela Copa do Brasil, quando a equipe foi eliminada pelo Grêmio na fase de semifinais da competição de mata-mata, no dia 30 de dezembro.

Após a virada de ano, o Tricolor disputou cinco partidas pelo Brasileirão e só conseguiu somar dois pontos.

Ou seja, foram dois empates e três derrotas nas cinco rodadas anteriores. Os jogos foram Coritiba (empate), Internacional (derrota), Athletico Paranaense (empate), Santos (derrota) e Red Bull Bragantino (derrota).
Segundo time com mais tempo sem vencer atualmente na Série A
Sem triunfar há cinco rodadas, o São Paulo só tem menos tempo sem vencer na competição do que o lanterna e praticamente rebaixado Botafogo.

A equipe botafoguense não vence há seis partidas e tem 99,9% de chances de sofrer um rebaixamento.

Os times com mais tempo sem vencer são:

Botafogo – 6 jogos
São Paulo – 5 jogos
Grêmio – 4 jogos
Palmeiras – 3 jogos
Santos, Coritiba e Atlético Mineiro – 2 jogos

Leia também: Covid-19: São Paulo e Corinthians disponibilizam o estádio para vacinação
Ainda há chances de título na reta final?
Faltam sete rodadas a serem disputadas, tanto pelo Internacional, como também pelo São Paulo. A vantagem gaúcha sobre o time tricolor atualmente é de quatro pontos.

Portanto, com mais 21 pontos em disputa, é clara e real a chance de o time são-paulino conseguir novamente assumir a liderança e fechar o Brasileirão como campeão. Ao menos, é isto que a teoria nos diz.

Na prática, o fraco desempenho da equipe nos últimos jogos mostra regressão, desânimo e dificuldades da equipe na luta pelo título.

Segundo a equipe de matemáticos da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), o São Paulo tem apenas 7% de chances de conquistar uma virada na reta final e ser campeão.

O Internacional disparou e alcançou a marca de 77% de chances de ficar com o troféu. Já o Atlético Mineiro tem 8,4% de chances. Enquanto o Flamengo tem 5,6. Palmeiras e Grêmio têm chances remotas de ficar com o título, abaixo de 1%.

Leia ainda: Afinal, por onde anda Alexandre Pato, ex-São Paulo e Internacional?

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceito Leia Mais

Política de privacidade e cookies