Top Stores

- Publicidade -

Como estão no Brasileirão os “Sete Grandes” que fariam Lisca deixar o América-MG

Em entrevista concedida à imprensa, Lisca montou uma relação com "sete grandes clubes" que gostaria de comandar; veja como cada um está

0

Depois de uma temporada espetacular, o América Mineiro procura segurar boa parte de seu elenco para a temporada seguinte; bem como o seu treinador bem sucedido, Lisca ‘Doido’. No entanto, após renovar com o Coelho, o treinador afirmou em entrevista que deixaria o time apenas por “Sete grandes clubes”. Veja a situação deles no Brasileirão.

Veja também: Saiba quatro possíveis treinadores para assumir o Cruzeiro

O Grêmio na mira de Lisca? Entenda

Já imaginou o tricolor gaúcho com Lisca no comando? Nós também não. Há tanto tempo que o Imortal é comandado por Renato Gaúcho que seria quase um sacrilégio imaginar outro treinador para o Grêmio neste momento de sua história.

Além disso, o time gremista está em sexto no Brasileirão, beliscando uma vaga nas preliminares da Libertadores. Além, claro, de ser finalista da Copa do Brasil, que ocorrerá no mês de fevereiro.

Dessa forma, fica difícil pensar que Lisca eventualmente seria chamado para comandar o tricolor gaúcho na próxima temporada. Ou seja, Renato Gaúcho não corre o menor risco de deixar o comando do Imortal, pelo menos não neste momento.

Internacional: Lisca se daria bem no Colorado?

O atual líder do Brasileirão também entrou na lista dos Sete Gigantes de Lisca. Considerada uma equipe bem estruturada com o peso e tradição que a precedem, o Colorado trocou de técnico na temporada: começou com Coudet, e agora é regido por Abel Braga.

Eduardo Coudet deixou o futebol brasileiro para comandar uma equipe da Espanha; Abel Braga assumiu a vaga. No entanto, a posição de Abelão não é consolidada no comando do Colorado, e o time não fechou o planejamento para a próxima temporada.

Entretanto, Braga garante sua permanência no comando do Inter se conquistar o título do Brasileirão. Ou seja, se mostrar serviço nesta reta final de competição; provavelmente fica como treinador no próximo ano.

Os "Sete Grandes Clubes" que fariam Lisca deixar o América-MG; veja como estão no Brasileirão. Imagem: Reprodução Instagram @flamengo
Os “Sete Grandes Clubes” que fariam Lisca deixar o América-MG; veja como estão no Brasileirão. Imagem: Reprodução Instagram @flamengo

Flamengo no radar de Lisca Doido: já imaginou?

O atual campeão brasileiro naturalmente entraria na lista de Lisca. Afinal de contas, quem não gostaria de comandar um elenco talentoso e milionário como o atual plantel do rubro negro carioca?!

No entanto, o Flamengo deste fim de temporada é muito diferente do rubro-negro de 2019, apesar das semelhanças em grande parte do elenco: o time só conquistou o Cariocão de 2020.

Com a despedida de Jorge Jesus e a chegada de Domènec Torrent, o rubro-negro investia nos talentos estrangeiros para comandar a super equipe. No entanto, os gringos deram lugar a Rogério Ceni, que deixou o Fortaleza para assumir o time da Gávea.

Ainda assim, a posição de Ceni no comando do Flamengo não é certa: entre altos e baixos, o treinador oscila entre receber elogios discretos e críticas ferrenhas da torcida e dirigentes flamenguistas. Dessa forma, não seria impossível Lisca sonhar com o comando do time de maior torcida do Brasil.

Veja também: Cinco técnicos sem clube que poderiam assumir o seu time

Corinthians ousaria com Lisca no Comando

O Timão entrou na lista dos Sete Grandes clubes de Lisca. O técnico elogiou o Corinthians e afirmou que comandaria o time alvinegro. Elogiou a estrutura e os salários recebidos pelos contratados pela equipe mosqueteira.

Com uma temporada bastante irregular, o Timão começou o ano com boas apresentações; mas caiu de rendimento depois da paralisação causada pela pandemia. O Corinthians também trocou de treinador ao longo do ano: atualmente o comandante do time é Vagner Mancini.

Assim, há chances de ver Lisca num eventual comando do Corinthians na próxima temporada. Com a instabilidade de Mancini e apenas uma vaga na Copa Sul-Americana deste ano; o Corinthians aproveitaria bem Lisca com o estilo ousado de montar a equipe no mata-mata.

O São Paulo e a possibilidade de um Lisca tricolor

O tricolor paulista entrou na relação do treinador do América Mineiro. Lisca elogiou a estrutura do São Paulo, entendendo que o time possui um vasto conjunto de equipamentos que promovem o alto rendimento de seus atletas.

No entanto, o São Paulo vive uma temporada atípica. Com discussões internas e atuações oscilantes, o tricolor segue comandado por Fernando Diniz. Apesar da atmosfera caótica, o time continua com esperanças de conquistar o Brasileirão.

Santos: E Lisca de Peixe, será que fisga?

O Santos é, sem dúvida, um dos grandes clubes a serem listados pelo treinador do Coelho mineiro. Assim, Lisca colocou os olhos no Peixe e disse que toparia comandar o alvinegro da baixada santista.

No entanto, o salvador do momento na história do Peixe é o técnico Cuca: desembarcou no clube no meio da temporada, pôs ordem na casa, usou a base e atualmente é finalista da Copa Libertadores.

Ou seja, não há motivos para Cuca sair do Santos neste momento. Então, Lisca pode descartar a chance de comandar o Peixe, por ora.

Palmeiras: Já imaginou Lisca em outro Verdão?

O Verdão paulistano mudou do tradicionalismo para a inovação estrangeira no meio da temporada, sem deixar de levantar troféus. Começou meio empacado com Vanderlei Luxemburgo no comando da equipe, mas chegou ao título paulista.

No entanto, Luxemburgo não se sustentou no comando palestrino quando desandou no Brasileirão. Então, os dirigentes do Verdão contrataram o português Abel Ferreira; que trouxe o Palmeiras à final da Copa do Brasil e da Libertadores, além da quinta posição no Brasileirão.

Leia também: Mercado da Bola 2021: veja as especulações sobre as transferências de jogadores

E você, acha que Lisca esqueceu de algum clube? Comente sua opinião!

Comentários
Loading...