Publisher Theme
Art is not a luxury, but a necessity.

- Publicidade -

Bandeira amarela retorna em Curitiba e algumas atividades são liberadas

Então, depois de dois meses de restrições por conta do aumento nos casos de coronavírus. A prefeitura de Curitiba publicou um decreto na última  quarta-feira (27) retornando a bandeira amarela, assim algumas atividades podem voltar.

Leia mais: Bolsonaro determina que clubes continuem pagando dívidas do Profut

bandeira amarela
De fato a bandeira amarela retornou para Curitiba. (Imagem: Pixabay)

Pois bem, na bandeira amarela, o comércio de rua, supermercados, restaurantes e shopping centers podem abrir aos domingos novamente. Cinemas e teatros voltam a abrir, mas com 50% da capacidade. No entanto, bares seguem proibidos.

Bandeira amarela retorna em Curitiba

Segundo informações da prefeitura, as medidas ativas desde dezembro ajudaram a estabilizar o número de casos de Covid-19. Pois, de acordo com o boletim divulgado na última quarta. O número de casos ativos que podem transmitir o vírus está em queda, na casa de 6,5 mil.

Portanto, a pontuação dos indicadores da avaliação da pandemia atingiu 1.94, no limite da bandeira laranja. Márcia Huçulak, secretária municipal da Saúde de Curitiba comentou sobre essa mudança.

“A colaboração da população foi importante para esse respiro que a cidade ganhou. Mas o que vai sustentar a bandeira amarela são os cuidados como o uso de máscara, higiene das mãos e, principalmente, não aglomerar. A pandemia está longe de acabar”

Entretanto, algumas medidas dos decretos anteriores seguem em vigor. Eventos sociais, como casas de festas, têm limitação de 50 pessoas. Também continua valendo o toque de recolher estabelecido pelo governo estadual.

Que proíbe a circulação de pessoas, a venda e consumo de bebidas alcoólicas entre 23h e 5h. O decreto da prefeitura tem validade pelos próximos 14 dias. Mesmo com a volta da bandeira amarela, ainda é importante manter os cuidados. Pois, o vírus ainda está entre nós e pode ser transmitido.

Portanto, continue lendo em nosso blog: Avenida Afonso Pena Fechou Em Belo Horizonte Por Protestantes

O que não pode funcionar

Então, como já dissemos, alguns locais ainda não podem funcionar, entre eles estão:

  • Casas de shows e atividades semelhantes.
  • Feiras de varejo, eventos técnicos, congressos, convenções, entre outros eventos.
  • Bares e casas noturnas
  • O toque de recolher das 23h às 5h continua
  • Eventos de grande porte

O que pode funcionar

Pois bem, já vimos atividades que não podem funcionar, agora vamos ver o que pode voltar a ativa:

  • Comércios de rua que não são essenciais como galerias e centros comerciais: das 9h às 22h todos os dias.
  • Escritórios, salões de beleza, barbearias, estética, academia e etc: das 9h às 22h todos os dias.
  • Os Shoppings podem abrir das 8h às 22h todos os dias da semana
  • Parques infantis e temáticos: das 8h às 22h
  • Parques, em todos os dias da semana
  • Mercados, panificadoras, varejos, restaurantes e lanchonetes, podem funcionar das 8h às 22h
  • Feiras de artesanato, concessionárias de veículos, materiais de construção, comércio ambulante de rua podem também funcionar das 8h às 22h.
  • Locais para ventos culturais, como circos, teatros, cinemas e museus, podem funcionar das 8h às 22h, mas não podem ultrapassar 50% da capacidade de público.

Lembrando que mesmo com a liberação da bandeira amarela, todas as atividades devem funcionar com restrição de horário de atendimento e com até 50% da capacidade. Lembrando que nos locais são obrigatórios cumprir todas as medidas de proteção. Como distanciamento social, uso de máscaras e álcool em gel.

Então, continue lendo em nosso blog: Abertas As Inscrições Para Estágio Na Prefeitura De Belo Horizonte

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.