Nova Mutum e as novas medidas rígidas contra o novo Coronavírus

Segundo a Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT), o município de Nova Mutum (localizado a 250 km de Cuiabá) tem estado no radar das cidades de alto risco de contaminação pelo novo Coronavírus.

Sendo assim, desde o início da pandemia, causada pela Covid-19, a cidade já perdeu 11 pessoas, e o óbito mais recente, confirmado nesta quarta (01.07), no Boletim de vigilância epidemiológica nº 74.

Além disso, ainda segundo o relatório, foram registradas 485 pessoas confirmadas com a doença. E destas, 298 já estão recuperadas, e outras 153 se encontram em isolamento domiciliar.

No entanto, estes são os outros municípios listados na classificação de “alto risco”, juntamente de Nova Mutum: Cuiabá, Rondonópolis, Sorriso, Primavera do Leste, Lucas do Rio Verde, Campo Verde, Cáceres, Matupá, Nossa Senhora do Livramento, Porto Esperidião,  Querência , Pedra Preta e Marcelândia.

Da esma maneira, em Mato Grosso, os números também são alarmantes. De acordo com o boletim epidemiológico emitido ontem (01.07), até o momento o estado já notificou 9.461 casos. E confirmou outros 17.401 pacientes, dos quais 6.543 já estão recuperados. Infelizmente, os óbitos já somam 665 cidadãos, até o momento.

Calamidade e medidas drásticas em Nova Mutum

Diante dos fatos mencionados acima e por se tratar de doença viral, de rápida transmissão e infirmações ainda pouco conhecidas pela ciência e sociedade, o sistema de saúde entrou em colapso.

Então, para tentar amenizar a situação e conscientizar as pessoas sobre o perigo do novo Coronavírus, algumas medidas foram tomadas. As mais recentes delas, foram recomendadas pelo Ministério Público a Nova Mutum e todos os municípios mato-grossenses.

A primeira, foi o toque de recolher, estipulado das 21h até as 5h para todos os cidadãos e estabelecimentos. Exceto os considerados serviços essenciais, como farmácias, segurança e indústrias alimentícias.

Outra medida adotada, foi a instalação de barreiras sanitárias em pontos estratégicos, e a redução do horário de expediente dos órgãos municipais, para diminuir gastos. E a inauguração do Hospital regional Hilda Streneger Ribeiro, já neste início de mês. Com 20 leitos de UTI, exclusivos para atender casos de Covid-19.

Por outro lado, as medidas enérgicas, ficam por conta do  Decreto nº 102, de 29 de junho de 2020, que estipula o funcionamento geral do comércio vai obrigatoriamente até as 20:30. Porem, respeitando o toque de recolher que estava em vigor anteriormente.

Bares e lanchonetes permanecem fechados, funcionando somente para delivery, e sem comercializar bebidas alcoólicas a partir desta sexta (03.07).

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceito Leia Mais

Política de privacidade e cookies