Take a fresh look at your lifestyle.

Magé faz cadastrado de Mei`s para que tenham acesso a crédito

Veja como vai funcionar o cadastro para Microempreendedor Individual de Magé

Rio de Janeiro, 01 de agosto de 2022, por Priscila Lívia — A prefeitura de Magé faz cadastrado de Mei`s para que tenham acesso a crédito do Estado. Caso você seja um microempreendedor e quer dar uma guinada no negócio, veja no Blog Diário Prime como esse projeto vai funcionar.

Magé faz cadastrado de Mei`s para que tenham acesso a crédito

Para ajudar o microempreendedor a impulsionar o seu negócio, a prefeitura de Mangá está concedendo crédito. Desse modo, os inscritos poderão utilizar o valor para comprar novos equipamentos, investir em matéria prima, ademais e outros.

Qual a importância desse projeto?

Projetos como esse ajudam no crescimento dos empresários locais. Além disso, com essa ajuda, a encomia da cidade cresce, gerando mais empregos e diminuindo a desigualdade social. Desse modo, essa ação beneficia toda a população da região.

O projeto veio através de uma grande parceria

A realização desse projeto veio através de uma parceria entre A Secretaria de Trabalho e a Agência Estadual de Fomento. Órgãos que visam gerar emprego, e por consequência, renda para toda população carioca.

Disse o secretário de Trabalho, Fernando Cozzolino

“Esta é mais uma ação concreta do governo municipal para impulsionar o desenvolvimento socioeconômico da nossa cidade, gerando emprego e renda para os mageenses”.

Como vai funcionar o programa?

Para poder se candidatar a renda anual do microempreendedor não pode ultrapassar R$ 360 mil reais. Nesse sentido, o crédito liberado muda conforme o faturamento, podendo variar de mil a vinte e 1 mil reais. De acordo com a Secretaria do Trabalho, MEIs com renda anual de até R$ 360 mil podem solicitar o crédito.

Os valores dos financiamentos variam de R$ 1.000 a R$ 21.000 e são pagos em seis (mínimo) a 24 (máximo) parcelas. Para obter crédito, também é necessário um fiador individual ou solidário, e não há restrições ao Serasa.

A garantia será necessária

Outro requisito do programa é que beneficiado não pode ter restrições no Serasa. Além disso, é fundamental ter algum avalista, podendo ser solidário ou até mesmo individual. Desse modo, é possível incentivar o crescimento do empresário, mas de forma segura.

O pagamento é parcelado

O beneficiado poderá parcelar o crédito concedido em no mínimo seis vezes, e no máximo vinte e quatro. Os juros são equivalentes a 0,25% por parcela. Ou seja, uma porcentagem muito menor em relação a outros tipos de empréstimos.

Como se candidatar ao programa?

Para fazer a inscrição, você deve ir até a Casa do Empreendedor. Localizada na Rua Sebastião Reis 21, Flexeiras, Magé. A unidade funciona apenas nos dias úteis da semana das nove da manhã às dezessete horas da tarde.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.