Take a fresh look at your lifestyle.

Fique atento ao recadastramento no CadUnico

Famílias terão um prazo maior para o recadastramento.

Rio de Janeiro, 16 de julho de 2022, por Priscila Lívia — Fique atento ao recadastramento no CadUnico. Veja no blog Diário prime, por conta de filas quilométricas, o Governo Federal decidiu prorrogar o prazo para recadastramento do CadUnico. Deste modo, os beneficiários terão maior tempo de atualizar o cadastro e continuar recebendo o benefício.

Fique atento ao recadastramento no CadUnico

Todas as famílias que recebem o benefício do Auxílio Brasil. Porém contam no sistema com algum dado pendente, então obrigados a atualizar seus dados para que não tenham o benefício bloqueado ou excluídos da lista de beneficiados.

Com esta notícia que boa parte dos beneficiários teriam que atualizar o cadastro. Iniciou longas filas nas portas do CRAS e aumentou ainda mais nos últimos dias quando o prazo estava perto de se esgotar. Contudo após inúmeros pedidos, o Governo Federal decidiu ampliar o prazo que terminaria em julho para o mês de outubro.

Atualização cadastral das família

A atualização cadastral deve ser feita presencialmente, nos postos da prefeitura que cuidam do CadÚnico ou em um Centro de Referência de Assistência Social (CRAS), e a orientação do governo é agendar o atendimento pela internet antes.

Desse modo as 8 milhões de famílias empalhadas pelo Brasil e convocadas para a atualização terão mais tranquilidade para realizar esta ação. Vale destacar que o governo dividiu o processo de análise em dois tipos.

Um chamado de revisão cadastral será obrigatório para famílias que não realizaram nenhuma atualização no cadastro desde o ano de 2016. Já a averiguação cadastral será para famílias que durante o cruzamento de dados entre os órgãos do governo, apontado alguma divergência nas informações.

O medo de perder o benefício

O Governo Federal afirma que a atualização é necessária para que a família não perca os benefícios do Auxílio Brasil ou o benefício Tarifa Social de Energia Elétrica. Dessa forma, ainda completa que caso o benefício seja bloqueado, será  necessário realizar um novo cadastro desde o início.

No estado de Salvador onde mais de 6 mil famílias sendo convocadas para a atualização, no decorrer das filas o medo é o mesmo. Muitos alegam estar com medo de perde o benefício que para muito é a única fonte de renda no momento.

Por fim, Joana da Silva após dormi na fila para conseguir atendimento, diz que não sabe como vai comprar comida para os filhos caso perca sua única fonte de renda desde a pandemia. Completa ainda dizendo uma é humilhação dormi em fila para garantir o atendimento.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.