Take a fresh look at your lifestyle.

Economia Europeia tem baixa enquanto a economia do Brasil mostra ondas de melhoras

Confira tudo sobre a economia brasileira.

Rio de Janeiro, 19 de julho de 2022, por Priscila Lívia — E se alguém te dissesse que a economia Europeia tem baixa enquanto a economia do Brasil mostra ondas de melhoras? Entenda no blog Diário prime o que há por trás dessa premissa e o quanto dela é verdade. Saiba o que pode acontecer com a economia brasileira nos últimos anos.

Economia Europeia tem baixa enquanto a economia do Brasil mostra ondas de melhoras: verdade ou mentira?

Antes de tudo atualmente, podemos acompanhar as notícias sobre os impactos que tem a guerra entre a Rússia e a Ucrânia. De modo geral, esses não são os únicos países em crise no momento. Entretanto, são dois dos quais mais interferem na dinâmica da economia global nesse momento junto à pandemia.

Como a guerra na Ucrânia prejudica a economia europeia?

Desde o fim da guerra fria, o mundo está sempre atento aos conflitos entre as grandes potências. Desse modo afinal, os perigos que uma guerra nuclear traz são extremamente graves e prejudicariam a todos mais do que qualquer outra guerra já vista.

O conflito entre a Ucrânia e a Rússia tem se provado um agravante de problemas que já existiam nas economias europeia e estadunidense. Sobretudo porque a compra de produtos valiosos de origem russa e chinesa tem sérios impedimentos, impactando diretamente na inflação.

Desse modo, uma grande recessão está muito próxima de acontecer. Diante de uma guerra, os países precisam de todos os seus recursos para evitar grandes perdas. Por isso, as maiores economias se retraem e se fecham para ter recursos de proteção para si próprias.

Como toda essa situação pode afetar a economia brasileira?

Por fim, toda a economia brasileira depende muito do setor de exportação de produtos primários. Entretanto, durante uma recessão, os outros países deixam de comprar insumos, o que afeta o país diretamente.

Além disso, o maior aliado de exportações do Brasil é a China. Então, por isso, o pior cenário para os brasileiros seria um em que o Governo chinês também decida por uma recessão econômica. Assim afinal, os preços de exportação brasileira irão despencar.

Por outro lado, em comparação com os outros países, este é o que menos sofrerá os impactos desse cenário, de acordo com os economistas. Então ainda que haja uma queda de crescimento, o que é produzido aqui deve ser o bastante para enfrentar esse período. Entretanto, é necessário estar alerta a todo instante.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.