Take a fresh look at your lifestyle.

Comércio Brasil- EUA atinge no recorde de US$ 42,7 bilhões

Produtores bovinos foram os que mais faturaram

Rio de Janeiro, 20 de julho de 2022, por Priscila Lívia — Em novos dados divulgados mostram um recorde registrado entre o comercio dos Estados Unidos e Brasil. A nova marca atingiu comércio Brasil- EUA atinge no recorde de US$ 42,7 bilhões, confir no blog Diário prime. Desse modo produtores comemoram o grande sucesso no comércio.

Comércio Brasil — EUA atinge no recorde de US$ 42,7 bilhões

Os registros de trocas no comércio entre os Estados Unidos e Brasil, atingiram uma nova marca no seu histórico. Somente no primeiro seis meses de 2022, a Amcham Brasil apontou novos recordes de valores.

A pesquisa apontou que neste período o comércio entre os dois países movimentou uma quantia de US$ 42,7 bilhões. Então mostrando aumento de aproximadamente 43,2% quando comparado dados do ano anterior.

Importações auxiliam o crescimento

Os dados mostram que importações vindas diretamente dos Estados Unidos, tiveram aumento considerado de 52,4% obtendo um novo recorde de US$ 25 bilhões nos primeiros seis meses deste ano.

Os principais produtos comercializados nas importações foram petróleo bruto, combustível, carvão, gás natural foram os itens que representaram cerca de 43,7 do total de produtos importados.

As exportações continuam a crescer

Dessa forma as exportações do Brasil para os Estados Unidos continuaram crescendo, com aumento de 31,9% no ano. Assim o desempenho positivo nas vendas de carne bovina, petróleo bruto, madeira processada, produtos siderúrgicos e equipamentos de engenharia civil contribuíram para as vendas históricas de US$ 17,7 bilhões.

Aumenta o déficit bilateral

O Brasil teve o maior déficit com os EUA no primeiro semestre. Então com -US$ 7,4 bilhões. É também o maior déficit do Brasil com qualquer parceiro comercial em 2022.
Os efeitos da guerra na Ucrânia.

Afetados pela guerra na Ucrânia, os preços internacionais mais altos de energia e alimentos afetaram o desempenho de itens importantes no comércio bilateral, como petróleo e derivados, fertilizantes, insumos químicos etc.

As exportações continuam na alta

O Brasil lucrou US$ 17,7 bilhões em exportações do Brasil para os Estados Unidos. Somando um aumento de 31,9 no primeiro semestre deste ano. Sendo a carne bovina a campeã nas exportações, já que a carne brasileira é muito disputada no comércio internacional.

Desse modo empresários do ramo de carne bovina possuem a expectativa que o mercado permaneça por um bom tempo ainda tendo esse grande lucro. Enfim afirmam ser fundamental para ajudar os grandes produtores a se recuperar após a pandemia.

Em segundo lugar ficou a comercialização de soja, já que o Brasil é um dos maiores produtores de soja do mundo. Com o preço alto do dólar foi uma grande oportunidade para empresários poderem faturar nesse momento.

Contudo com chuvas excessivas em alguns locais enquanto outros enfrentam uma longa estiagem, muitos empresários já têm opinião formada que não possuem o mesmo animo para 2023, já que tudo indica que não terão uma ótima safra para atender o comércio internacional.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.