Matéria do Fantástico sobre advogados, faz denúncia grave de supostos golpes. foto/Captura/Globo

Matéria do Fantástico acusa advogados de golpe para ‘limpar o nome’

Matéria do Fantástico sobre advogados, faz denúncia grave de supostos golpes. Segundo dados de órgãos de proteção ao crédito no Brasil, já são cerca de 63 milhões de brasileiros com o nome sujo, pessoas que não conseguiram pagar suas dívidas e estão com o nome incluso no Serasa, SPC, SPBC e outras listas de inadimplentes.

De acordo com a denúncia feita pelo programa Fantástico deste domingo, 30, este tipo de situação tem favorecido um novo tipo de golpe, envolvendo advogados por em todo o Brasil.

Tem como limpar o nome no Serasa sem pagamento da dívida?
Quando uma dívida ‘caduca’ ou sai do Serasa posso ter de volta o cartão de crédito
‘Deixa que eu pago’ Veja como pagar dívidas com cartão de crédito em até 12 vezes

Reportagem do Fantástico deste domingo acusa advogados de golpe para ‘limpar o nome’

Na matéria levada ao ar neste domingo pelo programa de domingo no horário nobre da Glogo, foi mostrado que profissionais (advogados) estão procurando cidadãos que estão negativados com a promessa ‘limpar o nome’, além de obter uma indenização, tudo isso, segundo a reportagem, sem nenhum custo.

A equipe do Fantástico fez contato com uma empresa que estava oferecendo o serviç

Para entender como funcionava o suposto esquema, a equipe de reportagem entrou em contato com uma das empresas, e o atendente explicou como se daria o processo:

” um advogado vai entrar na Justiça mentindo que a dívida não existe e mais: que houve cobrança abusiva de juros e o cliente está passando por constrangimento ao ficar com o nome sujo. O advogado, então, pediria uma indenização por danos morais e ficará com 50% do valor caso ganhe a causa”.

Advogados estariam aplicam golpe em pessoas com dívidas, segundo a reportagem

Entre as possíveis vítimas, estariam de pessoas de origem humilde e até mesmo analfabetas, aceitando o ingresso da ação, assinando uma procuração que normalmente dá ‘plenos poderes’ aos advogados, mesmo sem ter total entendimento do que se trata.

A acusação é que no fim das contas, muitas que aceitaram a ação, acabaram tendo que arcar com custas, por terem perdido a ação, além de ainda ficarem devendo o valor original devido, terão que arcar com multas por tentativa de enganar a Justiça.

Fonte da informação: G1.Globo.com/Fantástico em 30/12/2018 às 23h30

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceito Leia Mais

Política de privacidade e cookies