Como os comércios de Arenápolis-MT vem reagindo após pandemia? Confira

A cidade está diante de outra realidade após pandemia.

Arenápolis-MT, Terça-Feira, 14 de junho por Thais Rezende para o site Diário Prime – O comércio de Arenápolis vive um novo momento culturalmente falando. Nesse contexto alguns empresários relatam como estão lidando com o chamado “novo normal”. E falar também do que esperar do futuro após esse momento difícil.

Ao abordar os impactos negativos e positivos causados pela pandemia no meio empresarial, alguns comerciantes comentaram sobre essas as adaptações feitas para não deixar de vender.

Confira aqui: Arenápolis foi o primeiro município a retirar as luminárias de Led do programa MT Iluminado

Momentos pós pandemia para os comerciantes

A equipe saiu para as ruas para entrevistar alguns comerciantes locais. A entrevista veio para esclarecer como os comerciantes estão lidando com as vendas de produtos depois da pandemia. De acordo com eles as vendas caíram muito durante e eles se viram na necessidade de se reinventar.

A crise afetou a todos de forma significativa, onde os comerciantes de produtos e serviços considerados não essenciais se viram em grande perca de seu faturamento. Conforme a comerciante Michelly Guedes, proprietária da Santa Bolsa

Então durante a pandemia as vendas realmente caíram bastante, até então eu tinha duas lojas a Santa Bolsa e a Cravo e Canela, eu me vi na necessidade de juntar as duas lojas, pois diminuiu muito o fluxo de vendas.

Conforme a proprietária disse, teve que juntar as duas lojas foi a melhor decisão, pois assim diminuiria os gastos com aluguéis e funcionários. Atualmente com a junção das lojas, tem um faturamento maior do que quando eram separadas.

A proprietária se viu em necessidade de reinventar a forma de vender, foi quando a mesma decidiu fazer uma live para vender seus produtos. A mesma ainda afirma que as lives foram boas durante a pandemia, porém hoje após pandemia não faz mais. As lives funcionou mais como uma forma de queima de estoque, onde tinha produtos parados.

comércio de Arenápolis - Por Walber Almeida
comércio de Arenápolis – Por Walber Almeida

Impactos da pandemia em outros comércios de Arenápolis

Ao entrevistar o Sr. Sebastião Marconi proprietário do Marcons Hotel, no começo da pandemia teve uma queda de 70% na procura dos serviços oferecidos. Onde o mesmo teve seu estabelecimento fechado durante 15 dias, sem ter muito o que fazer.

Após este prazo ele reabriu o hotel seguindo todas as normas de segurança exigida pelos os órgãos de saúde. Conforme o proprietário os 4 primeiros meses de pandemia teve um impacto enorme no seu empreendimento, mas atualmente vem melhorando cada dia mais.

A Exponápolis e as vendas de produtos e serviços até agora nos comércios de Arenápolis

Ao questionar a proprietária da Santa Bolsa sobre “como está à procura de produtos ou serviços para a nossa 1º Exposição?” a mesma afirmou que:

Olha eu ainda não senti aquecer o comércio por conta da exposição não, o comércio daqui mesmo gira mesmo em datas comemorativas como Natal e dia das Mães, as datas de festas vendem, porem em um impacto menor.

Já para o Sr. Sebastião a festa já vem movimentando, pois as bandas dos cantores nacionais já reservaram boa parte dos apartamentos, então ele acredita que a economia local só tende a melhorar, mostranndo-se ansioso para o maior evento da cidade.

Leia mais: Cidade de Arenápolis-MT se organiza para a Exponápolis 2022 com grandes shows nacionais, confira

Pode-se observar que a pandemia mudou muito a forma de vendas e serviços, mas a incrível habilidade dos brasileiros se reinventar está ajudando o comércio a se reerguer e assim fazer a economia girar rumo ao crescimento dos comércios de arenápolis.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceito Leia Mais

Política de privacidade e cookies