Os 5S da organização japonesa: conheça o sistema e aprenda como implantá-lo na sua casa

Facilite sua rotina e agilize os processos

Se você não conhece o conceito 5S de organização japonesa, não se preocupe, você está no lugar certo para começar a entendê-lo. Nessa sexta-feira, 14 de janeiro de 2022, o artigo te apresentará essa filosofia de organização e disciplina, que poderá ser incorporada na sua rotina e se tornar um estilo de vida.

Antes de tudo, o sistema 5S é um conjunto de conceitos apresentados em sequência. São 5 ações que se conectam e, geralmente, são utilizadas em empresas para agilizar e facilitar os processos coletivos. O Vida de Casa trouxe as informações de uma forma simplificada para facilitar seu entendimento, acompanhe.

Leia também: hora de viajar! Aprenda uma forma de dobrar suas roupas para caber mais na mala

Os 5S da organização japonesa conheça o sistema e aprenda como implantá-lo na sua vida - Reprodução Canva (2) Os 5S da organização japonesa conheça o sistema e aprenda como implantá-lo na sua vida – Reprodução Canva (2)

A princípio, cada ação representa uma etapa e pode ser implementada na sua casa. Sobretudo, o termo 5S vem da tradução de 5 palavras japonesas: Seiri, Seiton, Seiso, Seiketsu e Shitsuke. Ela foi feita de uma forma que pudesse preservar o significado original de cada palavra. A seguir, cada uma delas será explicada.
Senso de utilização
É o primeiro senso, a base sobre qual os outros funcionam. Desde já, defina o ambiente que irá organizar, pois, Seiri pede que descarte todos os objetos que não vai utilizar. Veja também se não pode usá-los em outro local na casa. Em suma, pergunte-se: qual a utilidade disso aqui? Com a resposta em mente, tome a decisão. Aplicar esse primeiro passo pode trazer mais sustentabilidade e consciência para o seu estilo de vida.
Senso de arrumação
O Seiton pede arrumação na disposição dos itens que ficaram, depois do “pente fino” do primeiro conceito. Preferencialmente, coloque os objetos de maior uso em locais de fácil acesso. Dessa forma, sua agilidade cotidiana aumentará, pois, não precisará procurar materiais perdidos na bagunça e nem perder tempo para acessá-los em prateleiras distantes ou atrás de uma pilha de livros.

Você também pode gostar: está de mudança? 5 dicas para agilizar e facilitar o processo
Senso de limpeza
Após a organização, torna-se necessária a manutenção do ambiente; é aí que o senso de limpeza entra. Dessa forma, a durabilidade dos objetos aumenta quando a higiene marca presença na rotina. Além disso, ela está intimamente conectada com aspectos da limpeza pessoal.
Senso de padronização
Em quarto lugar, a padronização. Esse conceito prega a replicação dos conceitos anteriores em outros ambientes da casa. Ainda que isso possa parecer um pouco radical para alguns, a padronização pode facilitar a organização de uma forma macro sistêmica.
Senso de disciplina
Por último, Shitsuke, o senso de autodisciplina necessário para a realização diária de cada conceito mencionado. Enfim, ele fala muito do comprometimento pessoal com as tarefas propostas e do esforço exigido em cumprir cada uma delas. Não parece fácil, mas para quem vive o sistema e é fã de organização, vale a pena! E aí, gostou? Então, para fechar, veja a seguir o vídeo do canal Organiza Dafne que resume os 5S de uma forma simples e fácil!

Confira também: conheça a maneira mais prática de organizar o armário do seu quarto

 

comentários
Loading...