As folhas da sua planta estão queimadas de novo? Aprenda a corrigir o excesso de adubação

Às vezes mais é menos

O que você vai saber!

Continua depois da publicidade

Quem é iniciante na jardinagem e até quem não é, deve ter passado pela experiência de observar as folhinhas da sua planta “queimadas”. Apesar de pensar que está fazendo tudo “certo” em relação ao cultivo, em alguns dias suas plantinhas começam a perder a cor e vitalidade. Nessa quarta-feira, 2 de fevereiro de 2022, você entenderá como corrigir uma das principais causas desse problema, o excesso de adubo!

Cultivar uma plantinha, no jardim, horta ou vaso, pode ser um processo desafiador. Ainda que seja relativamente fácil de ser iniciado, manter o processo correndo bem sem o conhecimento necessário pode ser muito frustrante. Por isso, o Vida de Casa trouxe esse artigo que esclarecerá o seu possível erro na hora de plantar. Acompanhe.

Continua depois da publicidade

Veja também: como deixar a sua cozinha mais prática? 4 dicas poderosas de organização

As folhas da sua planta estão queimadas de novo Aprenda a corrigir o excesso de adubação - Reprodução Canva (2)
As folhas da sua planta estão queimadas de novo Aprenda a corrigir o excesso de adubação – Reprodução Canva (2)

Adubação

Ainda que cada planta tenha uma preferência em relação à quantidade de rega, luminosidade e PH do solo, geralmente existe uma faixa onde a maioria delas se encontram. Além disso, existe um consenso a respeito da frequência de adubação da sua verdinha. O excesso de fertilizante, seja ele químico ou orgânico pode ser extremamente nocivo.

Continua depois da publicidade

Muda e broto

No estágio de muda e broto, a adubação dificilmente será necessária, portanto não adube nesse momento. Até pelo porte do vegetal, ele não conseguirá puxar o excesso de nutrientes provenientes da adubação e será prejudicado no longo prazo.

Indicativos e o que o excesso causa

Folhas secas e desidratadas podem ser uma indicação de adubação excessiva. Quando adubamos muito, botamos sais minerais demais no solo causando uma desidratação por osmose na sua plantinha.

Assim, devido ao solo estar mais concentrado de nutrientes, a planta cede água na tentativa de equilibrar a diferença e não consegue puxar de volta para se hidratar. Outro indicativo de adubação excessiva é o aparecimento de um pózinho branco sobre o solo. Isso é um sinal de acúmulo de sais que não estão sendo absorvidos. Entenda a seguir como resolver.

Confira aqui: como espantar os caracóis e caramujos da sua horta caseira? Conheça 4 métodos

Como corrigir

Como a maior parte das coisas na vida, existe uma forma de você corrigir esse processo, quando ele é identificado logo de início. Para a desidratação decorrente da adubação excessiva, faça uma lavagem no seu recipiente de cultivo.

Em primeiro lugar, molhe a terra para dissolver os sais. Em seguida, regue abundantemente o solo, com uma mangueira ou regador, para que o excesso seja expelido através dos furos de vazão do seu vasinho.

Então, depois dessa super lavagem, retire o pratinho coletor debaixo do vaso para que a água escorra por completo. O motivo disso é evitar a reabsorção dos sais acumulados que continuarão vazando até que a água seque por completo. Assim, deixe a planta em um local que possa “escorrer” de fato.

Por fim, você pode repetir o processe até 3 vezes seguidas. Além dessa quantidade, a lavagem não terá benefícios adicionais. Apenas espere 5 minutos entre as lavagens para que o excesso dos sais tenham tempo de escorrer. Posteriormente, quando for adubar, escolha adubos orgânicos no começo por serem menos concentrados do que os químicos. E aí, curtiu? Enfim, assista o vídeo do canal cultivando para aprender mais sobre o tema!

Veja também: tá querendo organizar sua vida? Top 4 dicas de organização para revolucionar seu 2022

comentários
Loading...