Publisher Theme
Art is not a luxury, but a necessity.
Segundo a polícia a jovem na foto é Tara Colico (Imagem: Divulgação)

Foto macabra intriga internautas e Polícia oferece R$80 mil para tal enigma

Polícia oferece recompensa para quem desvendar enigma de foto sinistra

Um caso famoso de suposto sequestro de uma jovem ocorrido há 30 anos nos Estados Unidos tem intrigado a polícia e a mídia que não conseguem solucionar o caso. Uma imagem divulgada só aumenta o mistério. Na foto a jovem aparece ao lado de uma criança e ambas estão amarradas e com as bocas tapadas por fitas isolantes. Segundo o FBI a jovem se chama Tara Calico, de 19 anos desaparecida desde 1988.

Imagem: Divulgação
Segundo a polícia a jovem na foto é Tara Calico (Imagem: Divulgação)

O caso que chocou a polícia e os Estados Unidos

O misterioso caso do suposto sequestro que chocou a polícia e segue sem solução aconteceu no estado do Novo México (EUA). Mesmo após 30 anos, a polícia não desistiu definitivamente do caso e oferece uma recompensa de R$80 mil para quem fornecer informações sobre os raptores das pessoas que aparecem na foto.

Tara Calico (magem: Reprodução)
Tara Calico (magem: Reprodução)

O crime

Tara Calico tinha apenas 19 anos quando foi capturada pelos raptores. Ela andava de bicicleta quando o crime aconteceu, em setembro de 1988. Os oficiais de polícia inicialmente acreditavam que Tara poderia ter fugido de casa. Embora sua família continuasse a procurá-la, o tempo passou sem que nenhuma pista sobre o que havia acontecido tivesse surgido.

Em julho do ano seguinte a Polaroid foi encontrada em um estacionamento e iniciou a investigação. Na máquina fotográfica havia a tenebrosa foto mostrada acima, que posteriormente, com a ajuda da polícia de Londres, confirmou se tratar de Tara Calico.

Quanto ao menino da foto, familiares de um garoto de 9 anos chamado Michael Henley, que havia desaparecido em abril de 1988, acreditavam que ele era a outra pessoa da foto. Dois anos depois, em 1990, os restos mortais de Henley foram encontrados nas Montanhas Zuni, no Novo México, a 11 quilômetros do acampamento onde ele tinha sido visto pela última vez.

Sobre Tara, seu desaparecimento ainda é um mistério para o FBI e a mídia. “Tara tinha todo o seu futuro pela frente quando desapareceu. A polícia nunca desistiu da busca por essa jovem ao longo de mais de 30 anos“, disse o agente especial da polícia  James Langenberg em um comunicado oficial sobre o caso.