Publisher Theme
Art is not a luxury, but a necessity.

- Publicidade -

Dupla-Sena: Vitória vira tragédia e muda regras da loteria


Não perca nenhum conteúdo de nosso Blog. Clique no botão abaixo e fique atualizado!

Atenção: Siga o Diário Prime no Google News e assine nosso Canal no You Tube!

Hoje (22/10) terá o sorteio da Dupla-Sena e traz aos apostadores extraordinários 13.7 milhões de reais. O valor é para a aposta que acertar as 6 dezenas do primeiro sorteio. O sorteio será realizado na cidade de São Paulo como de costume. Mas será que a Caixa deveria anunciar o nome dos ganhadores da loteria?

Ainda hoje no universo das loterias muito se discute sobre divulgar ou não os
nomes dos ganhadores. E isso depende muito do país, assim, aqui no Brasil não se divulga, e se por um lado protege o ganhador, por outro acaba gerando suspeitas de por parte dos apostadores.

LEIA AINDA:

Resultado da Lotofácil premia 4 apostas e Quina acumula na última segunda-feira (21/10)

Já em outros lugares no exterior, como EUA e Austrália, os nomes dos ganhadores e as quantias ganhas são divulgados, o que os deixa inseguros e com medo do que os criminosos podem fazer com eles.

Sequestro de menino de 8 anos muda as regras da entidade responsável pela loteria

Dupla-Sena: Vitória vira tragédia e muda regras da loteria
Dupla-Sena: Vitória vira tragédia e muda regras da loteria/ Créditos: Pixabay

Um caso na década de 60 ainda é muito comentado nos dias atuais. Trata-se do sequestro de um garoto de 8 anos, Graeme Thorne, morador de Sydney, Austrália, que foi vítima de um crime motivado pela ganância e que mudou as leis da loteria.

O pai Bazil Thorn e a mulher Freda e seus três filhos: Cheryl, Berlinda e Graeme, viviam numa modesta casa alugada em Bondi, no subúrbio de Sydney e o pai era caixeiro viajante. Não bastasse a vida difícil, a filha mais velha, Cheryl tinha uma deficiência e constantemente estava internada.

Pensando em mudar de vida, Bazil apostou na Lottery 10 e então na época
ganhou um prêmio de aproximadamente 3 milhões de dólares australianos
hoje.

Naquela época, proteger a privacidade dos ganhadores não era algo que
devesse ser considerado e então a família Thorn se tornou celebridade
instantânea.

Desta forma, a mídia escancarou a vida de Thorn , pois publicou a sua
identidade, endereço e até o dia que ele receberia o prêmio, deixando –o
suscetível a maldades de criminosos mal intencionados.

Assim, cinco semanas após o descaso com a privacidade da família Thorn,
aconteceu um dos crimes mais bárbaros e infames da história da Austrália: o
sequestro e posterior assassinato do único filho homem do casal, Graeme
Thorn.

A morte de Graeme acendeu a discussão sobre o anonimato dos ganhadores e
também por leis mais duras contra o sequestro e hoje na Austrália os
ganhadores de loteria podem optar por permanecerem no anonimato.

Para obter mais conteúdos siga o Diário Prime no Google News. Quer se avisado de graça sobre os melhores conteúdos em primeira mão? Receba Nossas Notificações Aqui!