Em comemoração ao aniversário de 1 ano da Bienal do Livro em Ubá, a Secretaría Municipal de Educação lançou um livro de poesias. O  download em PDF do livro de poesias, está disponível no site da prefeitura gratuitamente, tanto para alunos quanto professores e toda a comunidade.

 

O livro foi escrito por Maria Aparecida Possani, professora e técnica em educação. No livro, além de poesias, os leitores também poderão encontrar fotografias e imagens da edição da Bienal do Livro em Ubá, que aconteceu no ano de 2019, neste mesmo período. 

 

Além do lançamento da obra, foi disponibilizado pela prefeitura, uma leitura online feita pela professora Walderlice Marques Roberti e que será transmitida nas redes sociais da Secretaria de Educação. Além do download gratuito da obra e a leitura online, a Secretaría enviará gratuitamente para as escolas, unidades da edição comemorativa.

 

Para a Prefeitura, a edição da Bienal do Livro de Ubá, em 2019, foi a realização de um sonho. A festa foi um momento mágico de interação entre a população e personagens de histórias mágicas e fascinantes. 

 

Além disso, o evento também comemorou celebrou o centenário de nascimento de, Antônio Olinto, escritor, natural da cidade de Ubá. O evento também contou com o retorno do Madrigal de Ubá, que emocionou a todos os presentes e, principalmente, os amantes  da literatura e da arte. Segundo a prefeitura, as atrações fizeram com que a Bienal 2019 fosse um marco na história da educação e da cultura da cidade de Ubá. 

 

Em razão da pandemia do coronavírus e a necessidade de guardar o isolamento social, o lançamento do livro foi virtual. 

 

O brasileiro e a cultura da leitura

 

Cultivar o hábito da leitura desde a mais tenra infância é o caminho para ajudar crianças a crescerem com a necessidade de adquirir mais conhecimento e cultura. O hábito da leitura, principalmente na quarentena, pode ser um grande aliado na lida com o isolamento social e a solidão.

 

Entretanto, o país ainda não tem a “cultura da leitura” como um fator predominante na formação cultural da população. O Ministério da Educação divulgou um estudo com dados alarmantes. Segundo o Banco Mundial os jovens brasileiros levam, em média 260 anos para adquirir a mesma qualidade de leitura dos jovens europeus. 

 

Entretanto, em dados divulgados também pelo Ministério da Educação, um estudo informou que o único fator preponderante para a falta de leitura entre os jovens pesquisados é a falta de tempo. Apenas 5% afirmaram que não gostam de ler. A pesquisa foi realizada pelo Instituto Pró-Leitura.

Problemas decorrentes da falta de leitura

Outro grande problema com a falta de hábito da leitura e a facilidade com a propagação de fake news, Muitos já espalharam notícias falsas inadvertidamente, pela falta da leitura, simplesmente por confiar no título de algum texto. Entretanto, de alguns anos até recentemente, as redes sociais tem sido uma arma em favor do conhecimento e leitura.

 

Muitos nomes do cenário literário nacional, além de artistas, tem feito campanhas para incentivar a leitura. Principalmente em crianças, para que o panorama geral do país, no que se refere a leitura, seja mudado. Eventos como a Bienal de Ubá são uma ótima forma de despertar a curiosidade e o desejo pela leitura. Principalmente em crianças e adolescentes. 

 

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here