Preta Gil é massacrada após defender diretora da revista Vogue Brasil e sua festa polêmica

Preta Gil usou o seu Instagram para se manifestar em apoio à amiga Donata Meirelles, diretora da revista Vogue Brasil que polemizou em  festa de aniversário na última semana que foi acusada de racismo por usuários da internet.

Leia também: Será que vem bebê por ai ? Fãs suspeitam que Felipe Neto poderá ser o mais novo papai

Preta disse na publicação que foi cantar na segunda festa dada por Donata e que mesmo sabendo da polêmica sobre a primeira festa, decidiu não abandonar a amiga. Mas o textão publicado por Preta não amenizou para seus seguidores. Muitos detonaram a cantora e acusaram-na de estar ”passando pano”, que é quando a uma pessoa tenta minimizar um ato cometido por outra.

View this post on Instagram

O racismo é uma doença perversa que atinge a sociedade. E posturas, consideradas racistas e excludentes, foram naturalizadas ao longo dos séculos. Cada vez mais podemos falar sobre isso e desmitificar o preconceito que faz parte do cotidiano. A festa dos 50 anos de Donata, amiga que amo tomou conta das redes, não só pela grandiosidade do evento, mas pela escolha do receptivo vestido com roupas de baianas. Não estava na festa, mas ao tomar conhecimento das imagens, sabia que seria polêmico. Sou Preta, no nome e na pele. E cada vez mais busco me informar e saber como posso adotar uma postura antirracista e entender novos códigos que são latentes no mundo hoje. Em momentos assim, me sinto na obrigação de chamar meu amigo ou amiga e apontar o que considero errado e convidar para a construção de um novo debate sobre o tema. Como amiga, me sinto na obrigação de fazer o alerta, mas não abandonar. Fui cantar na segunda festa de Donata com amor e afeto. Eu creio que qualquer um, ao reconhecer um erro, mesmo sem intenção, dá um grande passo para a construção de um novo olhar e compreensão sobre algo que já deveria ter sido compreendido por todos, mas que ainda hoje infelizmente não é entendido. Não é mimimi, é real, incomoda, mata e machuca. E precisamos cada vez mais de aliados para dirimir os danos causados pelo racismo. Tudo isso serve de aprendizado para todos! Não estava em silêncio, estava conversando, fazendo o que faço sempre, escutando a todos e a partir disso formando minha opinião. No meio disso, li inverdades e críticas vindas de todos os lados, enquanto nos atacarmos sem diálogo não há evolução. PS 1: não estou fazendo militância seletiva porque não sou militante, mas nesse caso acho que se encaixa mais em Militância AFETIVA

A post shared by Preta Gil 🎤 (@pretagil) on

Veja mais: Esquenta a briga entre Antonia Fontenelle e Rainha Matos

Seguidores de Preta massacram a cantora após publicação

Preta Gil foi duramente criticada após a publicação mostrada acima. Muitos seguidores estão acusando Preta de ”passar pano”. Preta que se autodeclara negra, não tem tido sossego após decidir apoiar a diretora da revista Vogue Brasil. Uns ainda estão dizendo que ela está fazendo isso para garantir um ingresso no baile da Vogue ou garantir uma matéria na revista. Xiii…

Confira ainda: Antônia Fontenelle entrega Mileide Mihaile e Wesley Safadão ”Eles se amam’

Imagem: Reprodução/Instagram
Imagem: Reprodução/Instagram
Imagem: Reprodução/Instagram
Imagem: Reprodução/Instagram
Imagem: Reprodução/Instagram
Imagem: Reprodução/Instagram
Imagem: Reprodução/Instagram
Imagem: Reprodução/Instagram

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Leia também: Após ser bloqueado, maquiador Agustin Fernandez faz ameaça ao Facebook

Entenda a polêmica

Na última sexta-feira (8), a diretora da revista Vogue Brasil, Donata Meirelles, festejou seus 50 anos em Salavdor -BA, com uma festa cujo tema escolhido foi o Candomblé. Nas internet circulou algumas fotos da festa, em que os convidados posaram junto de mulheres negras vestidas de branco e isso foi remetido às mucamas da época da escravidão. A festa em si foi polêmica e sofreu uma enxurrada de críticas nas redes sociais, pelo teor racista.

Imagem: Reprodução/Instagram

Veja mais: Ex-BBB Ana Clara defende Rodrigo e alfineta Isabella do BBB19

Valesca Popozuda defende maquiador pró-Bolsonaro Agustin Fernandez e comunidade LGBTQ+ se revolta

Parece que a carreira da funkeira Valesca Popozuda está ameaçada. Tudo começou quando a loira recebeu o maquiador Agustin Fernandez para maquiá-la e divulgou isso no seu Stories do Instagram. Pouco tempo depois, os fãs dela bombardearam seu direct e ela decidiu se manifestar defendendo seu amigo de longa data, Agustin…leia mais:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.