Jair Bolsonaro (PSL) – 17
Jair Bolsonaro (PSL) – 17

O movimento #Elenão promovido por celebridades contra Jair Bolsonaro, ganhou grande proporção de destaque nas mídias sociais, famosos consagrados como Anitta, Bruna Marquezine e Sasha são alguns de muitos,  que se posicionaram contra o candidato do PSL.

Segundo os famosos que apoiam e propagam o movimento #Elenão, Bolsonaro representaria  um retrocesso no entendimento de vários assuntos na sociedade brasileira. E fazem críticas a de declarações do candidato Bolsonaro,  que seriam de cunho racista e homofóbico.

Porém, ‘Bolsonaro parece sofrer o efeito bolo‘, quando mais bate mais cresce. E mesmo com essa campanha contra, e já no primeiro turno Bolsonaro atingiu a marca de 46% dos votos válidos. 

Portanto, Bolsonaro se qualificou em primeiro lugar, com essa expressiva votação, para disputar o segundo turno das eleições.  O outro candidato na corrida presidencial que concorre contra o capitão do exército reformado, é o  candidato indicado pelo PT, e ex- prefeito de São Paulo, professor Fernando Haddad.

A primeira pesquisa do segundo turno, divulgada durante a semana, dá sinais de que Bolsonaro cresceu em intenções de votos perante o eleitorado.

Segundo a pesquisa Datafolha, Bolsonaro   atingiu 56% das intenções dos votos, enquanto Haddad ficou com 42%.

Portanto, a leitura dos fatos parece sugerir, que o movimento #Elenão  tem sido insuficiente para deter o avanço do candidato do PSL nas pesquisas. E em certa medida, teve efeito contrário,  favorecendo o  crescimento de Jair Messias Bolsonaro.

Relembre: Efeito Jair Bolsonaro: Anitta sai do armário e grava vídeo em apoio a hashtag #EleNão

Anitta surpreendeu seus seguidores após gravar um vídeo em resposta ao desafio de Daniela Mercury, que cobrava da cantora uma posição a respeito do apoio a  hashtag #EleNão, termo usado para dizer que não querem Jair Bolsonaro como presidente do Brasil.

hashtag #EleNão  que havia recebido destaque na mídia nacional, também ganhou  espaço internacionalmente. Isso logo após, ter havido adesão de vários outros  famosos brasileiros  ao manifesto, como Bruna Marquezine por exemplo.

Mas enquanto esses famosos dizem  EleNão, também há um grupo de internautas que iniciaram o movimento contrário, para afirmarem  EleSim.

Jair Bolsonaro, portanto, ocupa a dianteira da corrida presidencial. Ele é líder nas principais pesquisas em intenção de voto divulgadas pela mídia.

O seu opositor,  Fernando Haddad, ainda se esforça para diminuir a diferença e se aproximar de Jair Bolsonaro em intenção de votos. Seus eleitores ainda acreditam numa reviravolta.

O movimento de vários famosos contra o candidato Bolsonaro, revelando total repulsa ao candidato do PSL, ( hashtag #EleNão), mereceu comentários fortes por parte de alguns jornalistas.

De acordo com a jornalista Joice Hasselmann, por exemplo, esses famosos estão equivocados a respeito de Bolsonaro, ou estariam agindo de má-fé.

Mas o movimento de mulheres que se levantou contra Jair Bolsonaro, alega que ele é preconceituoso e racista. Uma das frases ditas por Bolsonaro seria que, “mulher deve ganhar menos que os homens“. O que deu força às feministas para sustentarem o movimento contra ele.

A rigor, uma ala mais conservadora da sociedade brasileira, formada por muitos cristãos, católicos e líderes evangélicos já se posicionaram e declararam apoio à Jair Bolsonaro. Um exemplo claro disso, é do polêmico pastor Silas Malafaia, um dos maiores líderes religiosos do Brasil.

Assista ao vídeo onde Anitta declara publicamente que não apoia Jair Bolsonaro

O vídeo foi gravado há 2 horas atrás, e já conta com 1.793.252 visualizações.

Colabore, deixe seu comentário logo abaixo!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here