Diário Prime o portal de notícias de Mato Grosso!

- Publicidade -

Depois de ser acusado de comprar apoio político, Crivella se defende

O ex-governador Sérgio Cabral que soltou essa bomba sobre o prefeito


A política no Rio de Janeiro pegou fogo nesta semana, tendo em vista que o ex-governador da cidade,Sergio Cabral, soltou uma bomba sobre o atual prefeito Marcelo Crivella. Segundo Cabral, que está preso, Crivella aceitou apoiar Eduardo Paes na eleição para a prefeitura de 2008 pelo valor de US$ 1,5 milhão.

”Ele [Crivella] me liga e pede uma conversa no Palácio das Laranjeiras em 2008. Recebo à tarde/noite e ele me diz o seguinte: ‘Olha, estou sendo pressionado a apoiar o deputado Gabeira. Não é do meu agrado pelas minhas convicções religiosas, visão do mundo. Mas o Armínio Fraga [ex-presidente do Banco Central], que estava muito exposto na campanha do Gabeira aparecendo na televisão pedindo voto, me ofereceu 1 milhão de dólares. E, então, eu vou apoiar o Gabeira se vocês não fizerem nada’. Eu e ele, sem testemunha. Eu falei: ‘Você me dá um tempo'”, disse Sérgio Cabral em um depoimento concedido pela sua própria defesa.

O tempo citado pelo ex-governador era para arrumar dinheiro com o empresário Eike Batista e, assim, conseguir o apoio de Crivella. Dessa forma, Cabral arrumou a grana e propôs o valor de US$ 1,5 milhão para o atual prefeito, que aceitou.

Ciente da acusação grave, Crivella deu uma resposta através do seu Facebook. Afirmou não ter nenhuma culpa no cartório e garantiu que é uma história inventado pelo ex-governador.

”Amigos, fiquei sabendo há pouco que o ex-governador Cabral disse que há 10 anos teria comprado meu apoio ao Eduardo Paes. Mais uma grande mentira plantada para tentar desestruturar a minha gestão e minhas convicções como homem público. Jamais conseguirão manchar a minha honra”, publicou.

Para obter mais conteúdos siga o Diário Prime no Google News. Quer se avisado de graça sobre os melhores conteúdos em primeira mão? Receba Nossas Notificações Aqui!



Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceito Leia Mais