Top Stores

- Publicidade -

Depois da abertura de processo de impeachment, Crivella garante ser inocente: ‘Um absurdo!’

Marcelo Crivella garante que ação de ex-servidor foi movida por conta de sua demissão recentemente

Top Stories Bolo simples de fubá: faça receita tradicional e saborosa em até 40 minutos

Nesta semana, foi aberto aberto no Rio de Janeiro, um processo de impeachment contra o prefeito Marcelo Crivella, aprovada pela câmara dos vereadores. A denúncia foi formulada pelo ex-servidor da Fazenda, Fernando Lyra, que alega crime de responsabilidade por conta da renovação de contratos de mobiliários urbanos em dezembro de 2018, que favoreciam as empresas OOH Clear Channel e JCDecaux.

Questionado sobre o assunto nesta quarta-feira (03), em uma coletiva de imprensa, o prefeito garantiu não ter nenhuma culpa no cartório e afirmou que essa história toda é um ”absurdo”.

Com esse motivo que não é plausível, que é uma coisa absolutamente inócua, uma coisa sem qualquer relevância se votou a abertura do impeachment, por razões políticas. Mas a razão em si do impeachment é um verdadeiro absurdo”, falou Crivella, que lembrou o fato de Lyra só ter entrado com a ação depois que foi despedido.

Ele agora que foi demitido acha que é irregular e não tem despesa nenhuma de R$ 20 milhões. É uma forma de cobrar propaganda de rua. Uma forma de cobrar propaganda de rua. E as empresas que têm esse mobiliário já tinham entrado na Justiça na época do Cesar Maia para não pagar do jeito que ele (servidor) acha que tem que ser pago”, afirmou.

Rate this post

Para obter mais conteúdos siga o Diário Prime no Google News.
Comentários
Loading...