Publisher Theme
Art is not a luxury, but a necessity.

- Publicidade -

Volante recusa oferta árabe para seguir no Corinthians

Xavier, de 20 anos, esteve na mira do Al Ain

O volante Xavier é considerado como uma das grandes joias que saíram recentemente das divisões de base do Corinthians. Mesmo com pouco tempo no elenco profissional, o jovem atleta já atraiu interesse e até mesmo uma proposta do futebol árabe. Saiba tudo sobre o assunto neste sábado (09/01).

Após ganhar destaque atuando no elenco sub-20 corintiano, o jovem volante de apenas 20 anos foi promovido ao grupo profissional ainda sob o comando do técnico interino Dyego Coelho. Com a chegada de Vagner Mancini, ele seguiu ganhando oportunidades e se firmando a cada jogo que passa.

Já considerado como uma peça importante do elenco profissional alvinegro, Xavier tem 12 partidas disputadas na edição de 2020 do Campeonato Brasileiro. E seu desempenho já foi motivo de uma proposta milionária do mundo árabe.

Leia mais: Daniel Alves é o jogador que mais acerta passes no Brasileirão 2020

Assim como já é comum no futebol, times árabes costumam oferecer grandes salários para trair os jogadores que deseja. Mas, neste caso, a jovem promessa corintiana optou por dar prosseguimento ao início de sua carreira profissional atuando no Brasil.

Volante recusa oferta árabe para seguir no Corinthians
Volante recusa oferta árabe para seguir no Corinthians (Foto: Divulgação / Ag. Corinthians)

Clube árabe faz proposta por Xavier, do Corinthians, mas volante recusa oferta

O clube que demonstrou interesse e entrou em contato direto com a diretoria alvinegra para tratar de uma possível transferência do jogador é o Al Ain, dos Emirados Árabes, e que é dirigido pelo técnico português Pedro Emanuel.

Apesar de ter sido uma oferta atrativa sob o ponto de vista financeiro para o jogador, que está em início de carreira e poderia fazer rapidamente um “pé de meia” considerável, a proposta foi recusada.

Pelo ponto de vista do próprio jogador, não seria interessante para a sua carreira trocar um clube como o Corinthians para jogar no futebol árabe em seu primeiro ano como atleta profissional.

Leia também: Ex-Seleção, Fernandinho tem propostas de clubes europeus e brasileiros

Além disso, a carta de intenção enviada pelos árabes para o Corinthians não teria contido valores considerados como atrativos para o clube. Pelo contrário, a diretoria alvinegra entendeu que a oferta foi baixa.

Jogador tem apenas metade dos direitos econômicos pertencentes ao Alvinegro

Apesar de iniciar sua trajetória profissional com a camisa corintiana, Xavier não tem todos os seus direitos econômicos ligados ao Corinthians.

Isso porque, ele já havia passado por outras duas equipes antes de chegar para as divisões de base do Timão, em 2019.

Antes disso, ele iniciou sua formação de base na Portuguesa Santista, onde permaneceu do sub-15 até a categoria sub-17.

Em seguida, passou a defender a equipe da Ponte Preta durante as temporadas de 2017 a 2019, atuando nas categorias sub-17 e sub-20.

Com isso, o atleta ainda possui parcelas de seus direitos econômicos ligadas aos dois clubes anteriores por onde atuou antes de começar a vestir a camisa corintiana

A divisão dos direitos de Xavier é feita da seguinte forma:

  • 50% do Corinthians;
  • 40% da Ponte Preta; e
  • 10% da Portuguesa Santista.

Por essa razão, uma proposta para ser atraente ao Corinthians deve ser consideravelmente alta, tendo em vista que o clube teria de dividir metade dos valores com outros dois clubes.

Leia ainda: Covid-19: São Paulo E Corinthians Disponibilizam O Estádio Para Vacinação

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.