Top Stores

- Publicidade -

Vítima da Covid-19: dono de grande rede de supermercados morre em Curitiba

Top Stories Futebol ao vivo: América-MG x Bahia hoje ao vivo, saiba onde ver a partida online e na tv

Durante a manhã de terça- feira  (12/01) faleceu Dionei da Silva, de 54 anos vítima da Covid-19. Empresário muito conhecido na região por ser dono da rede de supermercados Rio Verde.

Portanto, você também pode gostar de: Neto critica Rogério Ceni e afirma que técnico está passando vergonha no…

Dionei era muito querido na região
Dionei era muito querido na região – Imagem: Jornal de Colombo

Dionei era o proprietário da Rede Rio Verde, que contava com mais de 11 lojas espalhadas pelos bairros de Curitiba, Colombo e Campo Largo. No entanto, ele era dono também da rede atacadista Harger.

Vítima da Covid-19 mais recente de Curitiba era dono de grande rede de supermercados

Com seu total de 13 lojas, o empresário gerou cerca de 1,4 mil empregos em Curitiba e região. Esta fatalidade ocorreu devido complicações causadas pela Covid-19, segundo informações.

Dionei estava internado no Hospital Nossa Senhora das Graças. Confirmou-se a sua morte nas redes sociais do próprio supermercado. Infelizmente, ele foi mais uma vítima da Covid-19.

Nas redes sociais do empresário e do comércio, diversas mensagens de carinho e conforto foram deixadas. Uma vez que clientes e amigos de Dionei o estimavam muito, esta foi realmente uma grande perda para todos.

Ademais, leia também: Vasco tem risco de rebaixamento reduzido em 50% após vencer clássico

Velório e sepultamento

Dessa forma, segundo informações vindas das redes sociais, o velório irá ocorrer hoje (13/01), à partir das 9:00. O local será no Parque das Araucárias, na Rua Teodoro Soppa, em Colombo.

No entanto, seu sepultamento, será às 13:30 no cemitério São Gabriel, na Rua Roque Culik, também em Colombo. Devido ao velório e sepultamento, as lojas de sua rede de supermercado só irão funcionar de 15:00 até as 21:00.

Bandeira Laranja em Curitiba

Curitiba está atualmente na bandeira laranja, de risco médio de contágio do novo Coronavírus. Muitas pessoas também estão morrendo, tal como outras estão em estado grave.

Entretanto, com os números de casos está só aumentando, a capital começou a tomar medidas mais rigorosas. Bons exemplos são novo fechamento dos estabelecimentos, bem como a multa pela não utilização de máscara. A intenção é que mais nenhum outro cidadão venha a ser vítima da Covid-19.

Então, continue lendo em nosso blog: Avenida Afonso Pena Fechou Em Belo Horizonte Por Protestantes

Para obter mais conteúdos siga o Diário Prime no Google News.
Comentários
Loading...