Publisher Theme
Art is not a luxury, but a necessity.

- Publicidade -

Veja como foi o caminho da Chapecoense até o título da Série B de 2020

Verdão do Oeste conquistou o primeiro título nacional de sua história

Foi com muita emoção que a Chapecoense conquistou o título de campeão da Série B de 2020. A conquista inédita foi obtida com um gol de pênalti aos 52 minutos do segundo tempo, quando o América Mineiro estava apenas esperando o apito final na Arena Condá, em Chapecó, para comemorar como campeão. Mas, o atacante Anselmo Ramón teve a frieza para converter a penalidade e deixar o troféu em Santa Catarina. Conheça hoje (30/01) os detalhes da conquista da Chape.

Início de 2020 pessimista e fim de temporada para celebrar

O ano de 2020 foi iniciado com a expectativa de luta contra o rebaixamento na Série B por parte dos próprios dirigentes do clube alviverde catarinense. Com uma enorme dívida, problemas financeiros continuavam aparecendo mês após mês.

Na competição estadual, o início de trajetória também foi complicado. A equipe chegou a figurar como lanterna do Campeonato Catarinense, mas se recuperou na reta final e conseguiu a classificação em oitavo lugar. Justamente na última vaga disponível para o mata-mata.

A partir daí, o técnico Umberto Louzer e seus comandados cresceram de vez na competição estadual. Eliminou o líder Avaí na fase de quartas de final e, depois, ultrapassou Criciúma na semifinal. Na decisão, derrotou o Brusque e ficou com o primeiro título da temporada.

A conquista aconteceu já com o Brasileirão da Série B em andamento e com o Verdão do Oeste ocupando as primeiras posições.

A campanha alviverde na segunda divisão do futebol brasileiro foi marcada por um equilíbrio poucas vezes visto na história do campeonato. Foram apenas cinco derrotas em 38 rodadas e uma defesa que conquistou números que impressionaram durante a disputa.

Veja como foi o caminho da Chapecoense até o título da Série B de 2020
Veja como foi o caminho da Chapecoense até o título da Série B de 2020 (Foto: Márcio Cunha / Chapecoense)

Leia mais: Posse De Bola Ganha Jogo? Veja Quais Times Trocam Mais Passes

Veja os números do título da Chapecoense na Série B

A Chapecoense foi campeã com uma campanha incontestável. Somou um total de 73 pontos em 38 jogos disputados.

Com essa pontuação conquistada, a equipe catarinense teve um aproveitamento de 64% dos pontos disputados ao longo do torneio.

A Chape também fechou a Série B como a melhor defesa: foram apenas 21 gols sofridos. Por outro lado, marcou 42 gols.

Vale ressaltar ainda que a equipe dirigida por Umberto Louzer só levou cinco gols durante todo o primeiro turno. Ao todo, foram 20 vitórias conquistadas, 13 empates e somente cinco derrotas.

Leia também: Quais são as chances do Flamengo na reta final do Brasileirão? Confira!

Os destaques individuais

Com uma defesa quase que impenetrável em alguns momentos da competição, a Chape teve o goleiro João Ricardo como um dos principais nomes do título. Ele foi titular em todas as 38 partidas do campeonato.

Além dele, o zagueiro Luiz Otávio foi sinônimo de segurança na região central da defesa. Obteve números de destaque nas estatísticas de sua posição, como, por exemplo sendo o jogador que mais interceptou bolas de ataque.

No setor ofensivo, Paulinho Moccelin teve uma parcela importante como um dos artilheiros, além de ser líder em assistências. Por ter uma função tática também para a defesa, ele acabou como o jogador que mais levou amarelos.

Já o artilheiro foi o experiente Anselmo Ramón, autor de 10 gols em 34 jogos. Dois deles foram marcados justamente na última partida.

Alan Ruschel é o símbolo da conquista da Chape

O lateral-esquerdo Alan Ruschel é um dos jogadores que estavam no avião que caiu em Medellín, em novembro de 2016, no trágico acidente aéreo que marcou o futebol mundial.

Ruschel sobreviveu, passou por um período de recuperação do acidente e voltou a jogar seis meses depois. Durante toda a caminhada da Chapecoense na Série B de 2020, ele foi titular e vestiu a faixa de capitão.

E não poderia ter sido diferente: foi ele quem ergueu a taça de campeão brasileiro da Série B pela Chape. Junto dele, o ex-zagueiro e atual dirigente do clube alviverde, Neto, também sobrevivente da queda do avião.

Leia ainda: Série A: Confira quem são os jogadores com mais jogos por um único clube

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.