Publisher Theme
Art is not a luxury, but a necessity.

- Publicidade -

Vasco rebaixado? Relembre outras quedas épicas na elite do Brasileirão

Quase sem chances de salvação, Vasco está praticamente rebaixado após 0x0; relembre outras quedas épicas na história do Brasileirão

Nesta penúltima rodada do Brasileirão as coisas se complicaram de vez para o Vasco, que após empatar com o Corinthians em 0 a 0; está praticamente rebaixado na competição. Assim, com chances remotas de se salvar, decidimos lembrar outras quedas épicas na história do Brasileirão. Confira.

Veja também: Com sérias chances de cair, veja o que o Vasco precisa para se sustentar na Série A do Brasileirão

É a quarta vez que o Vasco é rebaixado no século

Sendo um dos times mais tradicionais do futebol carioca e brasileiro, o Vasco da Gama teve um final de século XX recheado de decisões importantes e títulos inesquecíveis. No entanto, desde a conquista da Copa João Havelange em 2000 que o Gigante da Colina tem caído de produção.

Assim, o Vasco viveu o trânsito entre a segunda divisão e a Série A do Brasileirão em três oportunidades: 2008, 2013 e 2015. Dessa forma, desde 2016 que o Cruz-maltino se mantinha na elite do futebol nacional.

Portanto, após o empate sem gols com o Timão nesta penúltima rodada, o quarto rebaixamento do Vasco está praticamente concretizado: o time precisa vencer seu último jogo; além de torcer pela derrota do Fortaleza.

No entanto, apenas vencer e torcer pela derrota alheia não salva o Gigante da queda: o Vasco precisa tirar uma diferença de 12 gols no saldo de gols; que será o primeiro critério de desempate para definir o rebaixado. Ou seja, é praticamente impossível que o Almirante se mantenha na Série A.

Outras quedas épicas no Brasileirão

Além do quarto rebaixamento do Vasco, presenciamos outras quedas marcantes na história do futebol brasileiro. Dessa forma, listamos aqui algumas delas para entendermos os momentos de altos e baixos de cada clube que caiu.

Grêmio rebaixado em 2004

A primeira queda de um gigante que listamos é a do Imortal gaúcho no Brasileirão de 2004. Depois de uma campanha risível no primeiro semestre disputando o Gauchão, o Grêmio conseguiu se superar negativamente, sendo rebaixado no Brasileirão de 2004.

Assim; o chamado “golpe de misericórdia” foi dado pelo Guarani, vice-lanterna da competição. O Bugre venceu o Tricolor por 2 a 0 no duelo dos dois últimos colocados, e selou o destino do clube gaúcho na Série B de 2005.

Leia mais: Vermelho para Rodinei! Veja outras expulsões polêmicas na penúltima rodada do Brasileirão

Atlético-MG caiu em 2005

No ano seguinte, presenciamos outro grande clube brasileiro sendo rebaixado para a Série B. Assim, o Galo mineiro viveu momentos tenebrosos de sua história quando selou sua queda.

Certamente, o Atlético já havia feito uma péssima participação no Campeonato Mineiro. Dessa forma, o Galo amargou a quarta colocação no estadual e desandou de vez no Brasileirão.

Dessa maneira, o Galo selou seu destino na Série B de 2006 após terminar a competição em  vigésimo lugar, o antepenúltimo do Z4 daquela temporada, que contava com 22 clubes na elite do Brasileirão.

Vasco rebaixado? Relembre outras quedas épicas na elite do Brasileirão. Imagem: Marcelo Ferrelli / Gazeta Press
Vasco rebaixado? Relembre outras quedas épicas na elite do Brasileirão. Imagem: Marcelo Ferrelli / Gazeta Press

Corinthians rebaixado em 2007

O Timão também viveu as amarguras de jogar a Série B. Assim, o alvinegro paulistano foi rebaixado na edição do Brasileirão em 2007, quando fez uma das piores temporadas da história do clube.

Após uma dramática reta final, Corinthians e Goiás chegaram na última rodada tentando não cair. Os goianos se salvaram, mas o Corinthians não. Assim, o Timão finalizou a competição em 17º lugar, abrindo o Z4 daquele ano.

Palmeiras caiu em 2012

Para encerrar a nossa lista, trazemos a queda do Palestra, que foi uma das fases mais sombrias da história do Palmeiras. O Verdão paulistano caiu no Brasileirão de 2012; e já estava rebaixado por antecipação há algumas rodadas.

Os palestrinos finalizaram sua jornada no Brasileirão 2012 na décima oitava colocação na tabela; sem muitas chances de lutar contra o destino, que os levou à segundona no ano seguinte.

Você pode gostar: Dois times rebaixados na 36ª rodada do Brasileirão? Confira

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.