Diário Prime
Notícias, Entretenimento, Loterias da Caixa, Políticas e Muito Mais!

Rota do Oeste faz mais de 1.800 atendimentos somente durante o Carnaval

Os atendimentos vão desde a retirada de um objeto da pista até o socorro médico em caso de acidentes, passando pelo apoio prestado aos motoristas surpreendidos por pane no veículo, ou mesmo que venham a passar mal na rodovia

0

Com 1.858 atendimentos operacionais realizados no trecho sob concessão da BR-163, as equipes da Rota do Oeste registraram uma média de 310 ocorrências por dia na rodovia de 6 a 14 de fevereiro, durante o feriado prolongado em decorrência do Carnaval.

Neste ano, a Concessionária registrou uma morte, o que significa um caso a menos em comparação ao mesmo feriado em 2017.
O gerente de Operações da Concessionária, Wilson Ferreira, avalia que os motoristas estão mais conscientes sobre o papel da Rota do Oeste na prestação de serviço, utilizando de acordo com a emergência enfrentada. “O serviço operacional, aliado à fiscalização da Polícia Rodoviária Federal, é fundamental para a segurança na BR-163 durante o ano todo, principalmente em momentos festivos, que o fluxo de veículos aumenta na rodovia”.

Durante o feriado, a principal demanda foi relacionada aos veículos que apresentaram algum tipo de pane na BR-163. Ao todo, foram 804 casos, uma média diária de 134 atendimentos. Outro dado que chama a atenção é a quantidade de objetos recolhidos na pista: 301 remoções, em média 50 por dia. Os atendimentos clínicos também estão entre os serviços solicitados. Foram 58 atendimentos clínicos, cerca de 10 casos diários.

“A retirada de objetos da pista, remoção de veículos e mesmo os atendimentos clínicos minimizam as chances de um acidente na rodovia. Este trabalho é preventivo e bastante significativo aos usuários. Todo serviço é custeado pelo valor arrecadado no pedágio”, comenta o gerente.
Os atendimentos vão desde a retirada de um objeto da pista até o socorro médico em caso de acidentes, passando pelo apoio prestado aos motoristas surpreendidos por pane no veículo, ou mesmo que venham a passar mal na rodovia.

Morte – Outro ponto positivo observado nos últimos feriados prolongados é a diminuição da gravidade dos acidentes. “Isso é atestado diante da redução no número de mortes a cada feriado. Em relação ao Carnaval passado, a queda este ano foi de 50%”, pontua.

Data: 15/02/2018 / Fonte: Raquel Ferreira/ Repórter da Rota do Oeste
Comentários
Loading...