Publisher Theme
Art is not a luxury, but a necessity.

- Publicidade -

Rebaixamento em 90? Que nada! Perfil do Paulistão nega queda tricolor

Após mais de três décadas de provocações e brincadeiras, rebaixamento do São Paulo nos anos 90 foi enfim desmistificado

Afinal, o São Paulo foi ou não rebaixado no Paulistão de 1990? De acordo com o perfil da competição no Instagram, a resposta é… não! Participando da brincadeira “verdade ou mentira”, que tem ganhado cada vez mais força nos últimos dias, o perfil do Paulistão no Instagram da FPF fez questão de desmistificar essa máxima de uma vez por todas.

Rebaixamento em 90? Que nada! Perfil do Paulistão nega queda tricolor. Foto: Gustavo Roth/Folha de São Paulo
Rebaixamento em 90? Que nada! Perfil do Paulistão nega queda tricolor. Foto: Gustavo Roth/Folha de São Paulo

Leia mais: Vasco Confirma Permanência De Martín Benítez No Clube

Direta, a pergunta ao perfil, via storie, formato em que a mídia some após transcorridas 24 horas, foi a seguinte: “O São Paulo foi rebaixado no paulista de 1990?”. Mais objetiva ainda foi a resposta dada e compartilhada na mesma tela:

“Mentira. O regulamento do Paulista de 1990 não previa rebaixamento para a chamada Divisão Especial”.

Por ter sido há exatos 31 anos, o acontecimento causou polêmica nas últimas décadas. Para contrapor, no entanto, vale frisar que ‘confuso’ é a palavra que melhor define o regulamento do Paulistão daquela temporada.

Segundo a classificação do certame, a posição dos clubes no Paulistão de 1990 determinava em que grupo cada time entraria em campo para disputar o estadual do ano seguinte. A efeito de comparação, os 14 melhores, por exemplo, formariam o Grupo 1.

Já os demais atuariam no Grupo 2, que teria uma dezena de clubes que não avançaram nos anos 90, além das quatro outras delegações que subiram da divisão especial naquele ano. Aliás, foi justamente este o caso do São Paulo, que, naquela oportunidade, protagonizou uma campanha muito aquém das expectativas e não conseguiu chegar à fase final do torneio.

Justamente por ser confuso, o regulamento não deixava claro, por exemplo, que os elencos do Grupo 2 teriam a possibilidade de disputar o título ou se só se classificariam para o Grupo 1 do ano seguinte.

Para se ter uma ideia do tamanho do ruído, o São Paulo, após um cruzamento determinado, acabou sobrando em um grupo que contemplava equipes de menor força e expressão. De tal maneira, o Tricolor acabou jogando e avançando até a final, chegando a derrotar o Corinthians, um de seus principais rivais, e consagrando-se campeão estadual de 1991.

Veja mais: Corinthians Renova Contrato Com Jovem Zagueiro Até 2024; Saiba Quem É

Os anos pós-Paulistão de 1990

Se o ano de 1990 não é motivo de orgulho para o aficionado são-paulino, o mesmo não pode ser dito sobre as temporadas seguintes no Morumbi. Em 1992, por exemplo, o time comandado por Telê Santana chegava a seu primeiro título mundial interclubes.

Na temporada seguinte, foi a vez do mesmo São Paulo, após o Bi da Libertadores, se consagrar bicampeão mundial contra mais um gigante europeu. À época, Milan e Barcelona foram derrotados pelos fortíssimos esquadrões tricolores.

Para encerrar de uma vez essa conversa e provocação, o que você acha, torcedor? O São Paulo foi ou não rebaixado à divisão especial do Campeonato Paulista de 1990? Opine aqui nos comentários e acompanhe nossas novidades futebolísticas!

Conheça: Dentinho E Pablo De Volta? Veja Como Anda O Mercado Da Bola No Corinthians

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.