Publisher Theme
Art is not a luxury, but a necessity.

- Publicidade -

Quase rebaixado, Botafogo começa planejamento para 2021

Presidente e técnico do Botafogo se reuniram nesta terça para dialogar sobre possível planejamento para 2021; saiba mais detalhes sobre o futuro do Glorioso

Depois da derrota para o Vasco no clássico pela vigésima nona rodada do Brasileirão, o Botafogo senta para o início do seu planejamento para a próxima temporada no futebol brasileiro.

Veja também: Grupo do Manchester City fecha parceria na América do Sul

O drama do rebaixamento vivido pelo Botafogo

Assim, o Botafogo perdeu para o Vasco na última rodada do Brasileirão, no clássico que aconteceu em São Januário. Ou seja; com a derrota, o Glorioso ficou cada vez mais próximo da queda nesta temporada.

Logo, os estatísticos já estabeleceram que é praticamente impossível para o Fogão conseguir se safar do rebaixamento nesta temporada. Ainda que tenha vivido outros maus momentos; o Botafogo fez desta, de longe, a pior temporada da década.

Assim, atualmente o Botafogo ocupa a décima nona colocação, o penúltimo lugar na tabela. Dessa maneira, o Glorioso chegou à terceira derrota seguida na competição. Se estendermos a análise de seu retrospecto, percebemos que pode ser ainda pior: apenas uma vitória nos últimos 14 jogos.

Portanto, com a aproximação da reta final do Brasileirão, é a hora do Botafogo colocar os pés no chão e pensar no seu planejamento para 2021. Então nesta terça-feira (12) o presidente do Botafogo e o técnico do Glorioso se encontraram para uma conversa importante sobre o futuro do clube.

O planejamento do Botafogo para 2021

Assim, os primeiros passos rumo ao planejamento do Botafogo neste ano foram dados na manhã desta terça-feira, quando o presidente Durcesio Mello e o técnico Eduardo Barroca se reuniram na sede do clube para um primeiro contato.

Logo, o tom da conversa entre os dois dirigentes foi franco: tratar da permanência ou não de Barroca no comando do elenco alvinegro. Assim, a pauta da reunião se definiu em torno da decisão pelo nome do treinador.

Saiba mais: Vasco tem risco de rebaixamento reduzido em 50% após vencer clássico

Por um lado, Eduardo Barroca possui contrato até o final do Brasileirão e já conhece o ambiente e o elenco do Botafogo. No entanto, o presidente do clube avalia a possibilidade de uma transformação mais radical no Glorioso.

Assim, Eduardo Barroca manifestou interesse em permanecer no comando da equipe; mesmo que o rebaixamento se confirme matematicamente. Ou seja, seria uma questão de honra fazer o Botafogo retornar à elite do Brasileirão em 2022.

Quase rebaixado, Botafogo começa planejamento para 2021. Imagem: Reprodução Instagram @botafogo
Quase rebaixado, Botafogo começa planejamento para 2021. Imagem: Reprodução Instagram @botafogo

“Confiança” para o Botafogo se reerguer em 2021

Entretanto, a posição do técnico do Glorioso sobre o assunto passa pela relação de confiança que Barroca nutre com a diretoria do clube. Assim, o técnico alvinegro disse que fica no comando, mas só se houver este entendimento com os dirigentes do time.

Considerando que o calendário do futebol brasileiro dará poucos dias de intervalo entre esta temporada e a seguinte; é fundamental que a diretoria tome a decisão o quanto antes.

Leia: Neto critica Rogério Ceni e afirma que técnico está passando vergonha no Flamengo

Enquanto isso, Eduardo Barroca segue no comando do Botafogo até o final do campeonato. O contrato do treinador dura até a última rodada da competição.

No entanto, na semana seguinte já começam os jogos do Campeonato Carioca. Assim, é fundamental que as decisões sejam tomadas com certa urgência.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.