Publisher Theme
Art is not a luxury, but a necessity.

- Publicidade -

Praias de Lauro de Freitas, Grande Salvador, diminuem aglomerações em 75%

Operação para conter aglomeração de pessoas nas praias de Lauro de Freitas foi planejada por secretaria do município junto às equipes de segurança pública

As praias de Lauro de Freitas tiveram diminuição de 70% de público após operação policial no réveillon. Segundo a Secretaria de Trânsito, Transporte e Ordem Pública, a SETTOP, a força tarefa para contenção da circulação de pessoas foi um sucesso.

Sobre outros municípios da Bahia, leia: Energia renovável gera R$629 milhões de investimento em Sento Sé

Praias de Lauro de Freitas
Praias de Lauro de Freitas foram bloqueadas para evitar a entrada de pessoas que não fossem da cidade. Foto: Ascom/Prefeitura de Lauro de Freitas.

O foco principal das rondas, assim como na maioria das cidades, foi diminuir as aglomerações frutos das festas de final de ano. Ou seja, a motivação estava na prevenção na transmissão do Coronavírus (Covid-19).

Secretário responsável pela operação nas praias de Lauro de Freitas comemora sucesso da ação

Segundo Smith Neto, secretário da SETTOP de Lauro de Freitas, na noite da virada de ano a porcentagem de pessoas na praia caiu em mais de 90%. Confira:

Na noite da virada reduzimos em 95% a quantidade de pessoas que vem à praia; e durante esses quatro dias de operação conseguimos conter 70% do público que frequenta as praias da cidade.

Ainda, o secretário elogiou a dedicação e o compromisso da equipe de segurança da cidade.  Segundo ele, portanto, essa foi a responsável pelo sucesso e efetividade da operação:

Nossos servidores foram incansáveis em fazer com que tudo desse certo. A divulgação das medidas e da operação também foi fundamental para este resultado positivo

Logo depois, leia sobre outras cidades do Brasil: Alerta da Defesa Civil em BH indica possibilidades de chuvas intensas

Como aconteceu a ronda nas praias de Lauro de Freitas

A operação contra aglomerações nas praias de Lauro de Feitas teve início ainda no dia 31 de dezembro e se manteve até hoje, segunda-feira, (4), às 6h. De tal modo, todo o período de festas (final de semana e feriado de Ano Novo) esteve sob vigilância.

Para tanto, houve a instalação de barreiras para bloqueios às praias de Buraquinho, Vilas do Atlântico e Lauro de Freitas. Dessa maneira, somente tinham autorização de passagem às regiões cercadas os seus residentes. Em outras palavras, promoveu-se o bloqueio aos visitantes e afins.

O funcionamento da operação

Para que a operação nas praias de Lauro de Freitas acontecesse, além da participação das secretarias do município como a SETTOP, foi importante também o trabalho da Polícia Militar e do COE – Coordenação de Operações Especiais.

O major Everton Monteiro, comandante da 52ª Companhia Independente da Polícia Militar, afirmou que a colaboração e o planejamento de todas equipes foi essencial ao sucesso da operação. Veja:

Foi um sucesso de planejamento, harmonia e sintonia das instituições.

E os moradores, o que acharam?

Por fim, a comunicação da Prefeitura local ouviu algumas pessoas quanto à repercussão das ação nas praias de Lauro de Freitas. Maria Celeste, por exemplo, moradora de Vilas do Atlântico há 18 anos, deu sua opinião sobre o assunto:

Achei maravilhoso esse trabalho da Prefeitura. Além de evitar a propagação do vírus, facilita nossa vida. Geralmente no réveillon não conseguimos nem estacionar por causa da quantidade de carros que fica nas ruas do bairro

Aliás, além das ações nas praias de Lauro de Freitas, o Centro Integrado de Mobilidade Urbana fiscalizou 40 bares e restaurantes, 27 barracas de praia e 02 festas irregulares.

Ademais, leia: Super Sete: 10 apostas faturam mais de 8 mil reais na loteria no Concurso 07

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.