Relembre os 6 vencedores do Golden Boy desde 2003 e como estão hoje

0
66
thumbnail_Anderson Luís
thumbnail_Anderson Luís

Criado em 2003, o Golden Boy é uma premiação anual realizada pelo jornal italiano Tuttosport e que tem como objetivo premiar o melhor jogador com menos de 21 anos que atua na Europa. Desde então, o Golden Boy já contemplou nomes que se tornaram verdadeiras lendas do futebol, como o argentino Lionel Messi, seis vezes melhor do mundo.

A publicação, portanto, nada mais é que uma “aposta” que o jornal realiza ao apresentar os nomes que são vistos como promessas do futebol para os próximos anos. A proposta, claro, é muito semelhante ao que fazemos ao utilizar a Dafabet para fazer apostas online e prever o futuro dos principais campeonatos nacionais e internacionais.

Mas quem foram os primeiros nomes a serem premiados com o Golden Boy e onde eles estão hoje? Será que os escolhidos pelo Tuttosport se tornaram, de fato, os grandes craques que a publicação previu?

Para responder a essas questões, relembramos abaixo quem foram os 6 primeiros vencedores do Golden Boy e como eles estão hoje.

Van Der Vaart

O jogador Van Der Vaart foi o primeiro a receber o prêmio Golden Boy, em 2003. Na época, o holandês tinha 20 anos e era considerado uma das revelações do Ajax. Desde então, disputou duas Copas e três Euros pela Holanda e atuou pelo Real Madrid entre 2008 e 2010. Van Der Vaart anunciou sua aposentadoria dos gramados em 2018, sem nunca conseguir se firmar como um craque.

Wayne Rooney

O Golden Boy de 2004 ficou com o inglês Wayne Rooney, quando este já atuava pelo Manchester United, após ganhar destaque no Everton. Lá, o atacante se transformou em um dos principais ídolos da história do clube, tendo se tornando o maior artilheiro do United, com 253 gols em 559 partidas. Com a seleção, participou de três Copas e três Euros. Atualmente, Rooney atua pelo Derby County.

Lionel Messi

O vencedor da edição de 2005 do Golden Boy dispensa apresentações. Lionel Messi, que hoje atua pelo Barcelona, foi o vencedor desta edição e conseguiu comprovar seu potencial de maneira definitiva apenas quatro anos depois, quando recebeu o prêmio de melhor jogador do mundo pela FIFA. O argentino, que é apaixonado por chimarrão, conseguiu repetir o feito mais cinco vezes, em 2010, 2011, 2012, 2015, e, mais recentemente, em 2019.

Cesc Fàbregas

Já em 2006, foi a vez do meio-campista Cesc Fàbregas levar para casa o prêmio Golden Boy. Na época, o futebolista espanhol se destacava no Arsenal. Desde então, passou pelo Barcelona, clube onde havia jogado na base, e também pelo Chelsea. Com a seleção, disputou a Copa de 2006, além de vencer a Copa de 2010 e o Euro de 2008 e 2012. Hoje, atua pelo Monaco.

Sergio Agüero

Outro que levou o prêmio Golden Boy e conseguiu confirmar sua posição de craque foi o atacante Sergio Agüero, vencedor da edição de 2017. Na época, o argentino atuava pelo Atlético de Madrid, onde ficou até 2011. Desde então, ele atua pelo Manchester City e, com 246 gols em 258, é o maior artilheiro da história do clube. Pela seleção argentina, foi bicampeão mundial sub-20 em 2005 e 2007 e levou o ouro nas Olimpíadas de 2008.

Anderson Luís

O primeiro brasileiro a levar para casa o Golden Boy foi o jogador Anderson, vencedor da edição de 2008, quando atuava pelo Manchester United. O volante e meio-campista iniciou sua carreira no Grêmio, em 2004, tendo também passado pelo Porto. Atuou pelo Manchester United entre 2007 e 2015, quando retornou ao Brasil e passou a jogar pelo Internacional. Sem grande destaque, foi emprestado ao Coritiba em 2017 e, hoje, após uma breve passagem pelo Adana Demirspor, da Turquia, está aposentado.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here