Top Stores

- Publicidade -

Mesmo no Z-4, Vasco depende apenas de si para não ser rebaixado

Veja o que o Cruzmaltino precisa para sair da zona de rebaixamento já nesta rodada

Top Stories Futebol ao vivo: Flamengo x Cuiabá hoje ao vivo, saiba onde ver a partida online e na tv

O Vasco é um dos times que mais estão ameaçados de rebaixamento para a Série B do Campeonato Brasileiro na atual edição da competição nacional. Com o resultado do Bahia no último final de semana, a equipe carioca voltou a frequentar a zona de rebaixamento, mas ainda depende apenas de si para não cair. Saiba hoje (08/02) mais detalhes sobre a situação vascaína.

Um dos clubes mais tradicionais do Brasil, com história rica em conquistas nacionais e internacionais, o Vasco tem sofrido com más gestões desde a primeira década do século XXI.

Com rebaixamentos frequentes nos últimos anos, a equipe cruzmaltina está novamente ameaçada de voltar a disputar a Série B em 2021.

Mesmo no Z-4, Vasco depende apenas de si para não ser rebaixado
Mesmo no Z-4, Vasco depende apenas de si para não ser rebaixado (Foto: Bruna Prado/Getty Images)

Na atual temporada de 2020, o Vasco está em seu terceiro treinador apenas no Campeonato Brasileiro. Iniciou sua campanha com Ramon Menezes à frente da equipe, depois passou por um curto período com Ricardo Sá Pinto e, atualmente, tem Vanderlei Luxemburgo no comando.

Diversas trocas de treinadores ao longo da competição mostram que o time tem feito uma campanha irregular desde o início, sofrendo na parte inferior da classificação.

E, faltando apenas quatro jogos para disputar, está completamente ameaçado de queda. Mas, depende apenas dos próprios resultados para continuar na Série A em 2021. Confira as chances do Vasco.

Leia mais: Quais são os melhores ataques do Brasileirão após 34 rodadas? Veja

Vasco depende apenas de si para não ser rebaixado

Atualmente em 17º lugar na classificação, o time cruzmaltino tem 37 pontos ganhos no campeonato. A pontuação é a mesma do Bahia, que já atuou nesta rodada e ultrapassou o clube carioca com um empate.

E é exatamente por isso que o Vasco continua dependendo apenas de si para não ser rebaixado na atual temporada.

Por ter um jogo a mais para disputar em relação ao primeiro time fora da zona de rebaixamento, e com a mesma pontuação, a equipe alvinegra com apenas um empate nesta rodada já poderá sair do Z-4.

Isto é, depende apenas dos próprios resultados para fugir da zona dos quatro últimos colocados e respirar longe do rebaixamento.

Chances de rebaixamento segundo matemáticos

Com o empate do Bahia no início da rodada, os matemáticos indicam que o time tricolor passou a ter quase 50% de chances de ser rebaixado.

Por sua vez, o Vasco aparece com 33,6% de chances de cair para a segunda divisão. Esta probabilidade pode ser reduzida para menos de 10% em caso de vitória sobre o Fortaleza nesta rodada.

Leia também: Curioso: 4 craques improvisados como goleiro

Relembre as três vezes em que o Vasco disputou a Série B

A primeira vez que o Gigante da Colina jogou a Série B aconteceu por conta do rebaixamento sofrido em 2008 e que obrigou a equipe a jogar a segunda divisão em 2009. Na ocasião, subiu com facilidade e conquistou o título do campeonato.

Após anos de recuperação dentro de campo, chegando, inclusive, a ser campeão da Copa do Brasil e a chegar longe em uma Libertadores, o Vasco voltou a cair em 2013.

Já na Série B de 2014, encarou um dos maiores sofrimentos de sua história ao precisar lutar até os últimos minutos para conquistar o acesso. Subiu em terceiro lugar, sete pontos atrás do campeão e apenas dois pontos à frente do quinto colocado. Foi por pouco.

De volta à Série A em 2015, o Cruzmaltino voltou a passar uma grande vergonha em sua história ao ser rebaixado logo em seu ano de retorno. A exemplo de 2014, passou longe de ser campeão e lutou até o fim pelo acesso. Subiu em terceiro lugar, 11 pontos atrás do campeão e cinco à frente do quinto colocado.

Leia ainda: Brasileirão 2020: Fluminense passa a ser o time com mais vitórias seguidas

Rate this post

Para obter mais conteúdos siga o Diário Prime no Google News.
Comentários
Loading...