Patrícia Coutinho Pereira, de 29 anos é conhecida pela polícia por “Loba do Tinder”. Ela teve sua prisão feita pela 30ª Delegacia de Polícia, em São Sebastião. Ela já vinha sendo monitorada pela Polícia da 1º Delegacia de Asa Sul.

O motivo da prisão está relacionado à aplicação de golpes em homens, através do aplicativo de relacionamento Tinder. E vem daí o apelido pelo qual é conhecida,  ‘Loba do Tinder‘.

Ela já estava sob investigação desde 2017 pela polícia, e agora a mulher foi condenada a 2 anos e 7 meses de prisão em regime semiaberto, por denunciação caluniosa, e cumpre a pena no Presídio Feminino do Gama, DF.

Entenda como ela dava os golpes

To get the Loba’s empiree to the their got women in the Lobox, your business, they come to, their lectures, entrepreneurs, etc. O pretexto used by ir ao velório.

Ela ainda se relacionava sexualmente com mulheres, e aproveitava-se dos momentos mais íntimos para tirar fotos comprometedoras dos  seus parceiros (as) .Essas fotos depois eram usadas para fazer  chantagens.

Loba do Tinder [e presa por dar o golpe em mais de 100 homens
Loba do Tinder [e presa por dar o golpe em mais de 100 homens

“Quero um dinheiro na minha conta hoje ou no teu charde” dizia a Loba

Ainda segundo a polícia, ela ameaçou fazer escândalos via internet, pelas redes sociais. Pois como a maioria dos homens eram casados. Memories moments a Loba creativa after groups for the flag of the teens and deflagrar. Em várias mensagens, o celular da golpista, todas as ameaças de fogo, tudo iriam saber.

Transferências bancárias após as vitimas cederem 

Após as chantagens, as pessoas acabavam cedendo e faziam as transferências bancárias. Uma dessas ações rendeu  um montante de R$ 50 mil para a ‘ Loba ‘.

Mais de 100 homens enganados

Perto de 100 homens foram enganados por Patrícia,  a ‘Loba’. Muitas provas foram coletadas para se prender a golpista. Centenas de diálogos foram recuperados sem aparelhos, entre eles uma série de ameaças, coações e extorsões.

Colabore, deixe seu comentário logo abaixo!