Publisher Theme
Art is not a luxury, but a necessity.

- Publicidade -

Já caiu? 3 técnicos demitidos antes do início do Campeonato Paraibano

Com calendário confuso e adiamento da abertura do Campeonato Paraibano, confira três técnicos que foram demitidos antes do início da competição.

Ainda que tenhamos começado um novo calendário no futebol brasileiro, alguns campeonatos estaduais seguem com dificuldades para sua realização este ano. Assim, o Paraibano é um deles; e já teve três técnicos demitidos antes de seu início. Conheça hoje (17/03) os nomes de quem recebeu as contas e não seguem no comando dos clubes.

Leia mais: Você sabia? Conheça 5 craques que são paraibanos

As dificuldades do Campeonato Paraibano

O calendário do Campeonato Paraibano sofreu alterações nos últimos dias, e teve sua rodada inicial adiada. O começo da competição se daria neste último domingo (14), mas teve sua estreia protelada.

Além dos problemas com a agenda, os clubes do futebol paraibano sofrem os efeitos da pandemia em seus cofres.

Assim, a maioria das equipes perdeu a única fonte de receita dos clubes de menor expressão: o público nos estádios.

Sem a presença de torcedores, os elencos minguam; e treinadores são demitidos antes mesmo do início do trabalho.

Os técnicos que perderam o emprego

Dudu Sales nem chegou a assumir o Atlético-PB

O primeiro desafortunado da nossa trinca é o treinador Dudu Sales, contratado para comandar o Atlético de Cajazeiras.

O Trovão Azul do sertão paraibano assinou com o técnico para a temporada 2021; na expectativa que o professor trouxesse um título perseguido há muito tempo pela equipe. No entanto, o sonho sequer saiu do papel.

Embora tenha assinado o contrato, o treinador não assumiu o elenco do Atlético-PB, e foi demitido antes de tomar posse das suas atribuições e funções.

A rescisão abrupta levantou a polêmica sobre valores acertados por fora do contrato, e ainda não ficou totalmente esclarecida.

Além disso, a equipe sertaneja rescindiu a parceria com uma empresa terceirizada na gestão dos atletas; e perdeu a maioria do elenco na transação.

Leia mais: Relembre quedas épicas dos grandes clubes da elite do Brasileirão

Luciano Lima chegou e saiu na velocidade da luz

Com a equipe esfacelada, começou a odisseia para o Atlético-PB procurar peças para o seu elenco.

Dessa forma, a pré-temporada foi retomada sob a batuta de Luciano Lima. Arranjou os atletas que tinha à disposição, e passou aos testes e preparação para um amistoso.

Embora o jovem time possua um bom condicionamento físico, a baixa qualidade técnica ficou evidente após a derrota no amistoso contra o Paraíba, também da cidade de Cajazeiras.

O duelo dos rivais sertanejos terminou em derrota para o Atlético, que dispensou o segundo treinador.

Assim, aproveitou o adiamento do estadual para experimentar novos nomes em sua equipe, comandada agora por Alexandre Lima nesta pré-temporada relâmpago.

Wilton Bezerra foi demitido do comando do São Paulo Crystal

Clube empresa mantido por uma grande cachaçaria paraibana, o São Paulo Crystal não demitiu pelos arranjos financeiros. O seu motivo foi outro: o técnico Wilton Bezerra caiu porque teve maus resultados na pré-temporada da equipe.

Já caiu? 3 técnicos demitidos antes do início do Campeonato Paraibano. Imagem: Reprodução Instagram @saopaulocrystalfc
Já caiu? 3 técnicos demitidos antes do início do Campeonato Paraibano. Imagem: Reprodução Instagram @saopaulocrystalfc

Por outro lado, o clube deposita suas esperanças num nome conhecido do futebol paraibano: o ex-jogador Ramiro Souza, atualmente treinador, foi convidado para assumir a direção do elenco crystalino.

Portanto, o Campeonato Paraibano foi remarcado para ter início no fim do mês de março (31), com o duelo entre as equipes de Treze e Atlético de Cajazeiras.

Você pode gostar: A versão de Gabigol em 2019 não é a mesma de 2020; entenda

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.