Igrejas fechadas: lideranças relatam o impacto da nova medida em Nova Mutum

Os danos da pandemia para as instituições foram financeiros e espirituais, entenda

0
150
Homem cultuando a Deus / Fonte: www.pixabay.com.br
Homem cultuando a Deus / Fonte: www.pixabay.com.br

No final do mês passado (26.06), o município de Nova Mutum divulgou o decreto nº 099/2020, seguindo as recomendações do Ministério Público estadual. Entre as medidas novas trazidas pelo documento, está o fechamento de igrejas, que agora só podem funcionar online.

Diante disso,e do alto risco de transmissibilidade do Coronavírus, a intensão dos poderes públicos é evitar aglomerações e consequentemente frear a disseminação do vírus.

No entanto, o presidente do conselho de pastores evangélicos de Nova Mutum (Copenm), pastor Maciel Ferreira, manifestou-se contrário ao fechamento de igrejas, mas se mostrou disposto e acolhedor em acatar às decisões das autoridades locais. Tudo, em prol da amenização da situação de calamidade, provocada pela Covid-19.

“Bom, sabemos que as igrejas estão trabalhando com muito zelo e conscientização de seus fiéis, nos dias das reuniões, os próprios membros fiscalizavam uns aos outros. As programações eram de uma hora somente, não havia cumprimentos no local, todos com máscaras. Os assentos estavam numa distancia de 1,5 m e todo o local era descontaminado antes e após as programações. Bem como foi proibida a participação de crianças e idosos. Então, por este motivo a igreja estava mais protegida que os supermercados e outros lugares que frequentamos. Por isso Não concordo com o decreto em fechar as igrejas e comércio, mas acho importante nos submetermos às direções de nossas autoridades municipais”, justificou.

Impactos financeiros e espirituais

Entretanto, a autoridade explica que os impactos financeiros institucionais são nitidamente percebidos, devido à redução dos donativos, prestados pelos fiéis. Uma vez que a mesma  demanda de uma grande despesa fixa para funcionar. Porém, a chamada “dispersão dos fiéis”, também é um fator de impacto que merece atenção especial, no que diz respeito à Igreja Espiritual. 

“A Igreja Espiritual sofre ainda mais que a institucional, pois a mesma é fortalecida e estabelecida através da Comunhão, da e do relacionamento interpessoal, na falta destes nota-se a dispersão e afastamento de muitos. por adotarem novos ritmos de vida em sua rotina pessoal, ocasionando o “abandono da Fé” para alguns. Mas sabemos também que novas pessoas chegarão à igreja por sentir uma grande necessidade e desejo de uma aproximação de Deus”, pontuou.

Homem cultuando a Deus / Fonte: www.pixabay.com.br
Homem cultuando a Deus / Fonte: www.pixabay.com.br

Já o vice presidente das Assembleia de Deus de Nova Mutum, Washington Luiz Cordeiro Guimarães, reforça que tudo é baseado em direitos e deveres e cada um deverá fazer a sua parte, para que o coletivo surta o efeito necessário, nesta pandemia.

“Eu concordo com isolamento, porém, nas igrejas acredito que não é a solução. Precisamos que nossos templos estejam abertos pelo menos uma ou duas vezes por semana, visto que o momento é de medo, angústias e desesperos das pessoas e precisamos orar e levar a Palavra de Deus aos irmãos e amigos. O isolamento é importante sim, porém, o direto de ir e vir de cada pessoa deve ser respeitado desde que a mesma respeite, ou seja, direitos e deveres. O momento agora é claro, não é de festas e diversões, estamos vivendo momentos de reflexão, economia e conscientização, cada um faça sua parte respeitando os limites necessários” ressaltou.

Palavras de Fé e Esperança

Por fim, o líder do Conselho dá sua palavra final, desejando Fé, Foco e Força aos fiéis.

A primeira coisa que digo é que se acreditamos que existe um propósito de Deus em nossa vida, até este momento caótico irá de alguma forma contribuir para que tenhamos um futuro glorioso, lembre-se, toda tempestade por mais danosa que for, ela uma hora acaba e o sol volta á brilhar. Saiba que tudo isso irá passar um dia e o sol voltará a brilhar ao teu favor, tenha força, foco e fé!”

 

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here