Publisher Theme
Art is not a luxury, but a necessity.

- Publicidade -

Homem fez um “gato” na energia elétrica para carregar tornozeleira eletrônica bem no meio da rua em Belo Horizonte

O suspeito foi preso após o crime cometido em plena luz do dia

O centro de Belo Horizonte foi palco de mais uma situação inusitada na tarde de ontem (26/01). Um homem foi preso depois que fez um “gato” na energia elétrica no meio da rua para que sua tornozeleira eletrônica pudesse ser carregada.

Assim, leia mais: Suspeito De Assalto Tentou Ferir Um Guarda Municipal Em Belo…

Os policiais informaram que o homem costumava se alocar em um ponto bem movimentado do centro de Belo Horizonte
Os policiais informaram que o homem costumava se alocar em um ponto bem movimentado do centro de Belo Horizonte – Foto: Polícia Militar

Um amigo do suspeito o ajudou a cometer o ato criminoso, mas também foi preso. A ligação clandestina, ou melhor, o “gato” na energia elétrica deu-se na rede subterrânea.

“Gato” na energia elétrica da rua no centro da capital mineira era para deixar a tornozeleira carregada e para ouvir músicas

Um homem e seu amigo foram presos pela Polícia Militar de Minas Gerais na tarde de ontem (26/01) bem no centro da capital mineira. O homem, com a ajuda do seu amigo, ligou clandestinamente os fios na rede elétrica. Sem autorização, proíbe-se terminantemente a prática proibido sem autorização.

A PM (Polícia Militar) prendeu os homens. Um deles queria carregar a tornozeleira eletrônica que usava. De acordo com as informações repassadas pelos policiais, o suspeito cumpria uma medida cautelar.

Após cometer crimes feitos contra o patrimônio, ele passou a usar a tornozeleira. Assim, gastava a energia de um ponto central, bem no meio da rua, para carregar o equipamento.

Portanto, confira também: Criminalidade em Belo Horizonte: drogas, armas e prisões são foram feitas…

No instante em que surpreendeu-se os homens, bem como os militares os prenderam, eles faziam “gato” na energia elétrica. Uma das intenções era ouvir músicas no rádio.

Os policiais informaram que o homem costumava se alocar em um ponto bem movimentado do centro de Belo Horizonte. Pessoas que passavam pela R. Rio de Janeiro com R. Goitacazes já o tinham visto por ali.

Ele não tinha receio nem vergonha de utilizar a energia na frente de qualquer um. O suspeito, com a tornozeleira, tem 38 anos, bem como seu amigo tem 30 anos.

Levaram ambos para prestar depoimento na delegacia. No final da tarde de ontem (26/01), funcionários contratados pela Cemig estiveram no local a fim de verificar o “gato” na energia elétrica. Os técnicos desativaram as ligações clandestinas.

Dessa forma, não deixe de conferir: Criança abandonada em Salinas, Minas Gerais, comove moradores

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.