Publisher Theme
Art is not a luxury, but a necessity.

- Publicidade -

Futebol inglês em alerta: mais de 40 casos de Covid registrados nos últimos dias

Entidades detectam surtos nos clubes do futebol inglês; jogos são suspensos e divisões menores vivem novo drama, confira os detalhes

O governo, a Premier League e a associação de futebol inglesa, conhecida pelo nome “The Football Association”, estão em alerta neste início de ano. Isso porque mais de 40 casos foram registrados em diferentes competições do futebol inglês.

Veja também: O que esperar de Pochettino, novo técnico no comando do PSG

Surto na Premier League

O calendário do futebol inglês tradicionalmente mantém seus jogos entre os feriados de Natal e Ano novo. Assim, o chamado “Boxing Day” aglomera rodadas das competições de futebol por todo o país no período entre as festas de fim de ano.

No entanto, a Premier League realizou mais de 2,2 mil testes durante este período intenso de jogos, buscando prevenção contra os riscos da pandemia. Assim, os dirigentes ingleses tomaram um susto quando souberam que uma parte considerável de atletas e funcionários de clubes estavam infectados.

Dessa maneira, os testes acusaram 40 casos positivos entre atletas e funcionários que estiveram trabalhando entre os dias 28 de dezembro e 3 de janeiro. Para termos uma ideia, houve o adiamento de alguns jogos por conta do problema sanitário.

Assim, a partida entre as equipes de Everton e Manchester City acabou adiada; bem como o duelo entre Fullham e Tottenham, que recebeu a mesma orientação dada pelos cartolas ingleses.

Embora o Primeiro Ministro britânico Boris Johnson afirmou o retorno do confinamento nos lares do Reino Unido; as entidades representativas do futebol na Inglaterra continuam com as agendas e as competições em andamento, salvo algumas exceções.

Futebol inglês em alerta: mais de 40 casos de Covid registrados nos últimos dias. Imagem: Reprodução Twitter @premierleague
Futebol inglês em alerta: mais de 40 casos de Covid nos últimos dias. Imagem: Reprodução Twitter @premierleague

O drama das divisões menores

Quando falamos de futebol inglês, todos logo lembram da milionária Premier League. No entanto, a pandemia não escolhe seus alvos. Assim, as divisões menores do futebol inglês sofrem muito com os transtornos causados pela pandemia.

O Derby County, que disputa o Champioship, segunda divisão do futebol inglês, fechou seu campo de treinamento depois que vários membros da equipe principal testaram positivo para coronavírus nesta terça feira (5). A equipe divulgou nota relatando a situação em seus canais oficiais.

O Derby, administrado interinamente pelo grande ídolo do Manchester United, Wayne Rooney, tenta contato com a Liga de Futebol Inglesa para resolver o desfecho dos próximos jogos.

A próxima partida na agenda é uma válida pela terceira rodada da FA Cup contra o Chorley fora da liga, no sábado.

“Membros da comissão técnica e jogadores fizeram testes na segunda-feira e, posteriormente, retornaram uma série de resultados positivos”, disse um comunicado oficial no site do Derby County.

Segundo à nota enviada à imprensa, “os nomes dessas pessoas não serão divulgados por motivos de sigilo médico, mas eles e seus contatos próximos agora devem cumprir um período de isolamento em casa, de acordo com as diretrizes do governo do Reino Unido.”

O Derby perdeu se último jogo na semana passada por 1 a 0 para o Sheffield Wednesday, que também anunciou o fechamento de seu campo de treinos logo após divulgação dos resultados do Derby County.

O calendário do esporte profissional na Inglaterra continua, apesar das novas restrições nacionais anunciadas pelo governo britânico na segunda-feira (4). Assim, a Grã-Bretanha está entre as nações mais atingidas pela pandemia, com 2,7 milhões de casos e mais de 75.000 mortes registrados.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.