Publisher Theme
Art is not a luxury, but a necessity.

- Publicidade -

Caçado? Marinho é quem mais sofre faltas no Brasileirão e na Libertadores

Atacante santista sofre mais de 4 faltas por jogo

Marinho está vivendo a melhor temporada de sua carreira vestindo a camisa do Santos. Destaque em números de gols e de assistências, o camisa 11 alvinegro costuma fazer as defesas adversárias sofrerem para pará-lo. E isso é mostrado pelo ranking dos jogadores que mais sofrem faltas. Entenda hoje (19) porque o atacante do Peixe é o mais caçado do Brasileirão.

Em 38 partidas disputadas na atual temporada, Marinho já balançou as redes 22 vezes com a camisa santista. É o ano mais goleador de sua carreira. Ele só havia marcado mais de 20 gols em um só ano quando atuou pelo Vitória, no ano de 2016, quando fez 21.

Em seu segundo ano atuando pelo Peixe, o atacante tem brilhado não só com o alto número de gols marcados que lhe faz ser o vice-artilheiro do Campeonato Brasileiro.

A liderança no ranking de assistências concedidas no Brasileirão de 2020 também é um fator que mostra a evolução do futebol do jogador ao longo da carreira. Por essa razão, ele é o líder de participação em gols na Série A: 21, somando seus próprios gols e assistências.

Caçado? Marinho é quem mais sofre faltas no Brasileirão e na Libertadores
Caçado? Marinho é quem mais sofre faltas no Brasileirão e na Libertadores (Foto: AGUSTIN MARCARIAN / POOL / AFP) (Photo by AGUSTIN MARCARIAN/POOL/AFP via Getty Images)

Leia mais: Saiba Quem São Os Jogadores Que Mais Dão Passes Para Gol Na Série A

Apesar de estar demonstrando um jogo mais coletivo do que em outras temporadas, Marinho ainda continua sendo o jogador que se mostrou para o futebol brasileiro nos últimos anos: com talento para impor dificuldades aos adversários com velocidade e dribles.

Por isso, é o jogador mais caçado em campo entre todos os atletas que disputa a edição de 2020 do Campeonato Brasileiro.

Marinho é quem mais sofre faltas no Brasileirão 2020: veja os números

Camisa 11 do Santos, o atacante esteve em campo 23 vezes no Campeonato Brasileiro de 2020. Mesmo ficando de fora de sete rodadas até este momento da competição, ele lidera, com folga, o ranking dos atletas que mais sofrem faltas.

Pelo estilo de jogo que aposta na habilidade com a bola nos pés, de forma vertical para buscar a finalização ou a assistência, Marinho levou 25 faltas a mais do que o segundo colocado neste ranking, Gerson, que, inclusive, tem duas partidas disputadas a mais.

O atacante do Santos sofreu 103 faltas em 23 jogos.

A média é de 4,5 faltas sofridas a cada jogo disputado pelo jogador santista nesta edição de Série A.

Ele é o único jogador que já ultrapassou a marca de mais de 100 faltas sofridas neste campeonato, mesmo sendo aquele com menos jogos disputados entre os 10 mais caçados em campo na competição.

No caso de Keno, atleta que mais acerta dribles no campeonato, a diferença é ainda maior. O jogador atleticano sofreu 56 faltas no torneio inteiro.

Leia também: Campanha Em Casa Mantém Atlético-MG Na Disputa Pelo Título Brasileiro

Caçado também na Copa Libertadores da América

Além de fazer estragos nas defesas do Campeonato Brasileiro, Marinho também se destaca como um dos melhores jogadores da Copa Libertadores da América, competição pela qual o Santos vai jogar a final contra o Palmeiras.

Somando todos os jogadores que disputaram o torneio, o jogador santista é novamente o mais caçado.

Nas nove partidas que disputou na Libertadores, até então, Marinho levou 40 faltas. É uma média de 4,4 por jogo.

Leia ainda: Cruzeiro Pioneiro? Lembre Grandes Que Caíram, Mas Subiram Rapidamente

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.