Publisher Theme
Art is not a luxury, but a necessity.

- Publicidade -

Bragantino: 93 anos de história do Massa Bruta

Do Carijó ao Touro Vermelho , conheça um pouco da história do Bragantino, que hoje completa 93 anos de fundação

Fundado em 08 de janeiro de 1928 por dissidentes do antigo Bragança Futebol Clube (ainda nos tempos de amadorismo), o Clube Atlético Bragantino nasceu com uma grande missão: representar de forma profissional a bela cidade de Bragança Paulista no cenário do futebol paulista.

E o clube não demorou a conquistar seu destaque no futebol local, vencendo após 3 anos de fundação a Taça Raul Leme em cima do Bragança Futebol Clube. Junto a conquista, o clube recebeu da imprensa local o apelido que carrega até os dias de hoje: Massa Bruta.

Saiba mais: Fabián Noguera deixa o Santos

1988 –O início do apogeu

Idolos como Gil Baiano, Nei, Biro-Biro, Ivair e Luís Muller, que fariam história em Bragança Paulista, iniciaram sua trajetória no time nesse ano e deram partida rumo ao sucesso do Bragantino com a conquista do Campeonato Paulista da Divisão Especial (equivalente à atual série A-2), superando o Catanduvense por 3 a 0 em pleno Estádio Marcelo Stefani (hoje Nabi Abi Chedid).

Com a ótima base de 88 mantida, o Bragantino fez boa campanha no Paulistão de 89, liderando o grupo 2 do campeonato (eliminando o Palmeiras) e chegando as semifinais da competição (perdeu apenas para o futuro campeão São Paulo).

No mesmo ano, o Massa Bruta estreava seu uniforme mais emblemático: a camisa “carijó” e com ela, conquistou o sonhado acesso à primeira divisão do Campeonato Brasileiro, chegando pela primeira vez à elite do futebol nacional.

Bragantino: 93 anos de história do Massa Bruta
Equipe do Bragantino campeã em 1990 – Foto: Pinterest

ANOS 90 – Glórias da histórica equipe Carijó

No ano de 1990, o Braga estreava na elite do futebol nacional, terminando na oitava colocação. Já no Campeonato Paulista, a equipe comandada por um jovem Vanderlei Luxemburgo, e por uma série de craques do nível de seleção brasileira, como o lateral direito Gil Baiano, o volante – futuramente campeão mundial na Copa de 1994 pela Seleção Brasileira – Mauro Silva e o centroavante Sílvio, conquistou de forma épica o maior título de sua história.

Na decisão o Massa Bruta enfrentou o Novorizontino, que ficaria conhecida como “final caipira”, sagrando-se campeão do Campeonato Paulista da Primeira Divisão de 1990. Na partida final, disputada em 26 de agosto de 1990, Tiba fez o gol que garantiu o título ao time de Bragança Paulista.

No ano seguinte, outro feito marcante para o torcedor Massa Bruta. Já com Carlos Alberto Parreira no lugar de Luxemburgo, o Braga terminou a primeira fase do Brasileirão de 1991 em segundo lugar, eliminou Fluminense na semi e chegou a finalíssima contra o São Paulo, que venceu por 1 x 0 no placar agregado e encerrou assim a era de ouro do time de Bragança. O Massa Bruta permaneceu até 1998 na primeira divisão do Brasileirão, ano em que caiu para a série B e só retornou após 22 anos.

Veja também: Ex seleção, Fernandinho recebe sondagens de times brasileiros

2020 – (Re)Nascimento do novo Bragantino

Após parceria iniciada em 2019 (com título da série B nacional e retorno à elite do Brasil), no dia 01 de janeiro de 2020, a equipe passa a se chamar oficialmente Red Bull Bragantino e, no mesmo ano, faz grande campanha no Paulistão, chegando às quartas de final com a melhor campanha da primeira fase quando conquistou o Troféu do Interior.

Atualmente, a equipe (única representante do interior paulista na série A) briga por vaga na copa Sul-Americana e com elenco recheado de bons nomes como Claudinho e Arthur, pavimenta o caminho para o retorno ao topo.

Bragantino: 93 anos de história do Massa Bruta
Divulgação – Site Oficial Red Bull Bragantino
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.