Diário Prime o portal de notícias de Mato Grosso!

Atual governador de Mato Grosso se irrita ao ser comparado com Silval Barbosa

"Uma pessoa me disse 'governador a administração passada roubava, mas pagava salário em dia dos servidores. O senhor não está roubando e não está pagando. Eu prefiro a gestão passada'" disse Taques


O Governador de Mato Grosso Pedro Taques (PSDB) ficou irritado ao ter sua gestão comparada com a do ex-governado Silval Barbosa (sem partido), o próprio Taques disse que se senti envergonhado com as comparações a gestão anterior. Isso pelo fato que mesmo com grandes roubos das gestões passadas os salários dos servidores eram pagos em dia.

“Uma pessoa me disse ‘governador a administração passada roubava, mas pagava salário em dia dos servidores. O senhor não está roubando e não está pagando. Eu prefiro a gestão passada’. Eu digo: fico triste com esse tipo de argumento”, declarou.

Indicado para você

Em entrevista ao Jornal do Meio-dia, da TV Record, Taques negou que houve atrasos nos salários dos servidores, ele relata que por lei, o prazo de pagamento se estende até o dia 10.
“Nós não estamos atrasados com servidores. A Constituição diz que tem que receber até o dia 10. Enquanto dois estados não pagaram o décimo terceiro de 2016, nós estamos devendo o décimo de novembro e dezembro, que deve ser quitado até 20 de dezembro.

Siga o Diário Prime no Google News. Receba de graça os melhores conteúdos como TV Online , Loterias, Futebol ao Vivo, Finanças, em primeira mão.

Taques ressaltou que apesar da crise que o Brasil enfrenta, a administração atual no que se refere ao seu governo já teria quitado diversas dívidas que acumularam na última gestão. “Nós economizamos R$ 1 bilhão, saldamos todos os compromissos com todos os 100 mil servidores públicos, no Estado. Graças a Deus eles tiveram 40% de aumento e inclusive pagamento do RGA”.

Taques ressaltou o grande prejuízo causado aos cofres públicos na administração de Silval Barbosa, e ressaltar no que se refere a administração dele, houve muitas melhorias apesar da crise que afeta o Brasil.“O país está superando e Mato Grosso também. Eu sou otimista, 2018 será um ano muito melhor. Estamos todos os dias superando desafios”.
Vale ressaltar que o ano de 2017 estará marcado nas mentes dos brasileiros que viram o preço do gás e gasolina subir a cada dia. numa crise como essa o povo brasileiro esta totalmente desacreditado no que se refere aos políticos.


Últimas Publicações
Para obter mais conteúdos siga o Diário Prime no Google News. Quer se avisado de graça sobre os melhores conteúdos em primeira mão? Receba Nossas Notificações Aqui!



Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceito Leia Mais