Publisher Theme
Art is not a luxury, but a necessity.

- Publicidade -

Aposta de Ceni, Pepê voltou a marcar gol pelo Flamengo após três anos

Meia de 23 anos ganhou oportunidade e marcou gol contra o Palmeiras

A trajetória do meio-campista Pepê com a camisa do Flamengo chegou muito perto de ter um fim em dezembro de 2020. Com contrato para vencer no final do mês passado, o jogador ganhou a confiança do técnico Rogério Ceni e, por consequência, renovou seu contrato. Contra o Palmeiras, marcou um gol decisivo para o Rubro-negro. Conheça hoje (22/01) a trajetória do atleta pela Gávea.

A história de Pepê no Flamengo começou ainda quando adolescente. Ele atuou nas divisões de base do clube rubro-negro desde os primeiros passos no futebol. Passou pelas categorias sub-15, sub-17, sub-20 e chegou ao elenco profissional em 2018, quando estourou a idade para jogar no time de juniores.

Após ganhar destaque durante sua trajetória nas divisões de base, o então jovem atleta de apenas 20 anos conquistou suas primeiras oportunidades no elenco profissional flamenguista no Campeonato Carioca de 2018. Mas, não conseguiu assegurar um lugar na equipe.

Após seu primeiro ano como profissional sem muitas chances, o atleta ganhou a oportunidade de atuar no futebol europeu durante a temporada de 2019. Defendeu a camisa do Portimonense, de Portugal, disputando 27 jogos e marcando oito gols. No entanto, somente uma atuação foi pela equipe principal e o restante pelo Campeonato Português sub-23.

De volta ao Flamengo em 2020, o jovem atleta novamente ganhou oportunidades no Campeonato Carioca, com o então técnico Jorge Jesus. Em meio à uma dura concorrência por posição, ficou no fim da fila e só voltou a ser usado por Rogério Ceni.

Com um novo contrato assinado, o meio-campista segue vinculado ao Rubro-negro até junho de 2021 e precisa fazer por merecer a prorrogação deste vínculo por mais tempo. Diante do Palmeiras, ele mostrou que pode ser útil.

Aposta de Ceni, Pepê voltou a marcar gol pelo Flamengo após três anos
Aposta de Ceni, Pepê voltou a marcar gol pelo Flamengo após três anos (Foto: Gazeta Press)

Leia mais: Números confirmam Gabigol como talismã e protagonista no Flamengo

Pepê voltou a marcar gol após três anos no Flamengo

Seu primeiro gol como jogador profissional flamenguista havia acontecido justamente em sua estreia como jogador profissional, no dia 17 de janeiro de 2018.

Na ocasião, o meio-campista iniciou a partida contra o Volta Redonda, pelo Campeonato Carioca, como titular, e marcou um dos gols que garantiram a vitória rubro-negra por 2 a 0.

Exatamente três anos depois, ele voltou a marcar gol pelo Flamengo em um triunfo por 2 a 0. Mas, desta vez, o resultado foi muito mais importante por ter mantido o time na luta pelo título de campeão brasileiro de 2020.

Pepê havia entrado em campo aos 31 minutos do segundo tempo, no estádio do Maracanã, substituindo justamente o camisa 10 Diego Ribas.

Em campo, precisou somente de sete minutos para balançar as redes. Um gol decisivo e fundamental para as pretensões da equipe flamenguista na reta final do Campeonato Brasileiro.

Além disso, o gol marcado pelo jogador é um ponto positivo para o técnico Rogério Ceni, que fez uma aposta pessoal no jovem meio-campista e que vinha sendo duramente criticado pelas suas escolhas em jogos anteriores.

Leia também: 5 clubes brasileiros que mais faturaram com a venda de jogadores; Flamengo lidera ranking

Números do meio-campista com a camisa rubro-negra

Promovido ao elenco profissional em 2018, Pepê acumula apenas 13 partidas como jogador profissional rubro-negro. Foram três atuações em 2018 e dez nesta temporada de 2020.

A maioria de suas atuações com a camisa flamenguista entre 2020 e 2021 acontece justamente após a chegada do técnico Rogério Ceni.

Antes do treinador chegar, ele havia disputado somente cinco partidas oficiais em 2020, entre os meses de janeiro a outubro.

Com Rogério Ceni no comando, ele jogou mais cinco partidas – desta vez entre os meses de novembro e janeiro. Ou seja, passou a ser utilizado com mais frequência.

Após balançar as redes em um jogo decisivo, a expectativa é de que Pepê, de 23 anos, continue sendo observado de perto pelo treinador e ganhe novas oportunidades no decorrer das partidas e no próximo Campeonato Carioca.

Leia ainda: Você lembra a nota de corte para o rebaixamento nos últimos Brasileirões?

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.