Publisher Theme
Art is not a luxury, but a necessity.

- Publicidade -

Após jogo contra o Palmeiras, Sport não quer mais a utilização do VAR em suas disputas

O clube encaminhou um ofício para CBF com algumas solicitações

A partida do último sábado (09/01) do Sport contra o Palmeiras pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro, teve um lance que dividiu opiniões entre os torcedores, e acabou causando indignação ao elenco do clube de Recife.

Isso porque, nos acréscimos do segundo tempo do jogo o juiz Dyorgines José Padovani, havia considerado um pênalti a favor do Sport, por toque de braço de um jogador da equipe do Palmeiras. Mas na sequência o árbitro de vídeo (VAR) interviu e anulou a penalidade.

Entretanto a equipe do Sport que já havia comemorado a chance de bater o pênalti não concordou com a anulação da punição para o Palmeiras. Eles consideram que houve um descumprimento nas regras.

A partir da discordância do clube com a decisão que foi tomada em campo, o Sport decidiu solicitar para a CBF, a anulação da partida contra o alviverde.

Confira ainda: Diretoria do Flamengo chega a decisão quanto a Rogério Ceni

Sport não quer mais o uso do VAR em seus jogos

Após jogo contra o Palmeiras, Sport não quer mais a utilização do VAR em suas disputas
Após jogo contra o Palmeiras, Sport não quer mais a utilização do VAR em suas disputas – Foto: RICARDO FERNANDES/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDO

Além disso, o clube pernambucano deseja que a Confederação não utilize mais o árbitro de vídeo em seus jogos, incluindo os do Campeonato Brasileiro 2020. O clube também solicitou uma perícia técnica de vídeo, dos lances em questão e também os áudios da comunicação entre os árbitros.

O comunicado contestando a arbitragem para a CBF aconteceu nesta segunda-feira (11/01), em seu site oficial, elencando quatro requerimentos do time. Confira quais são:

  1. Oferecer denúncia ao quadro de árbitros e do VAR, de acordo com o artigo 259 do CBJD;
  2. Requer a anulação da partida em razão do descumprimento das Regras e Disposições do IFAB, conforme fundamentação anexada ao pedido;

Leia ainda: Após tropeços, dupla Grenal volta à briga pelo título do Brasileirão

  1. Requer a não utilização de arbitragem de vídeo (VAR) nos jogos a serem disputados pelo Sport na Série A 2020;
  2. Requer perícia técnica de vídeo dos lances em questão, e áudio da comunicação entre árbitros de campo e do VAR, dando ciência ao clube de todo o conteúdo;

Apesar da aversão da invalidação do pênalti, o Sport também salientou no documento que “não solicitou e/ou mencionou a retirada ou veto de qualquer nome da Comissão Nacional de Arbitragem, como também nunca cogitou ou cogitará, qualquer ato de desobediência às regras do futebol”.

Vale lembrar que apesar da indignação do Sport com a anulação do pênalti o Palmeiras já liderava o placar por 1×0.

Leia também: Em recuperação, Vasco corre o risco de perder Cano para rival? Confira!

Atualmente o Sport está na ponta de baixo da tabela no Brasileirão, na 14ª posição, com 32 pontos, nos 29 jogos que disputou. A próxima disputa do Sport será no próximo sábado (16/01) contra o Fluminense, pela 30ª rodada do Brasileirão.

Será que no próximo jogo a CBF terá acatado a solicitação dos dirigentes do clube e não contará com o árbitro de vídeo na partida? Deixe aqui em baixo sua opinião sobre o lance que aconteceu entre o time pernambucano e o paulista.

Você também pode gostar de ler: Bolsonaro determina que clubes continuem pagando dívidas do Profut

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.