Top Stores

- Publicidade -

Aos 35 anos, Diego Souza é o artilheiro isolado da temporada 2020/2021

Gremista vem se destacando nos últimos meses. Já são 24 gols em 46 partidas

Top Stories Bombom de uva na travessa: a sobremesa reinventada com mais sabor e praticidade

117 minutos. Ao todo, é exatamente esse o tempo que Diego Souza, atacante gremista, precisa para fazer um gol. Dono de 24 gols em 46 jogos disputados na atual temporada, o jogador é o artilheiro isolado entre todos os atletas da Série A do Campeonato Brasileiro.

Aos 35 anos, Diego Souza é o artilheiro isolado da temporada 2020/2021. Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPA
Aos 35 anos, Diego Souza é o artilheiro isolado da temporada 2020/2021. Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPA

Leia mais: Veja 6 Ex-Craques Que Hoje São Técnicos De Times Britânicos

No auge de seus 35 anos, Diego Souza também deu seis passes para gol até aqui. Versátil, ele é dono de um mapa de calor, que demonstra os espaços do campo em que um atleta mais atua durante os 90 minutos, algo de dar inveja a qualquer novato.

Muitas vezes Diego pega a bola na região do meio-campo e, com uma troca de passes envolvente com seus companheiros de equipe, chega à meta adversária sem tantas dificuldades. Forte no cabeceio, o versátil jogador vem sendo um dos grandes destaques do time comandado por Renato Portaluppi, o Renato Gaúcho.

A atuação de Diego Souza contra o Palmeiras

Na abertura da 30ª rodada do Campeonato Brasileiro, Grêmio e Palmeiras se enfrentaram no Allianz Parque. Após abrir o placar, o alviverde de Abel Ferreira sofreu nas mãos de Diego Souza, que inclusive já vestiu a camisa do clube nas temporadas de 2008, 2009 e 2010.

Aliás, foi justamente de Diego Souza que surgiu o gol de empate gremista no final da partida. Ele recebeu um cruzamento da direita e, com o porte que lhe é peculiar, sobressaiu sobre o adversário. De cabeça, estufou as redes do goleiro Weverton.

Em um dos lances finais do jogo, Diego Souza também tentou colocar uma bola no ângulo do arqueiro palmeirense após bater falta. Não fosse a elasticidade de Weverton, Diego Souza chegaria a seu segundo gol no jogo e garantiria mais um triunfo gremista no Brasileirão.

Vale lembrar que Grêmio e Palmeiras também se enfrentarão nas finais da Copa do Brasil. O time gaúcho levou o caneco do torneio em seis oportunidades. Já o Palmeiras, que enfrentará o Santos na final da Libertadores da América, é tricampeão da competição.

Veja mais: Ídolo Inglês, Wayne Rooney Se Aposenta Dos Gramados E Vira Técnico

Andarilho da bola

Cria das categorias de base do Fluminense, Diego Souza defendeu o Tricolor das Laranjeiras entre 2003 e 2005. Transferido ao Benfica-POR, ele jogou no time atualmente comandado por Jorge Jesus entre 2005 e 2007. Nesse período, ele também foi emprestado a Flamengo e Grêmio.

Campeão paulista de 2008, Diego jogou no Palmeiras até 2010. Na sequência ele defendeu as cores de clubes como Atlético-MG, Vasco da Gama, Al-Ittihad, dos Emirados Árabes Unidos, Cruzeiro, Metalist-UCR, Sport (por empréstimo), Fluminense, Sport novamente, São Paulo, Botafogo (por empréstimo) e, atualmente, Grêmio.

E aí, torcedor, acha que Diego Souza ainda “dá um caldo”, como se diz no linguajar do futebol? Você aceitaria o jogador, que já defendeu as cores da Seleção Brasileira entre 2009 e 2017, em seu time do coração? Opine e fique atualizado de tudo o que rola no futebol brasileiro!

Conheça: Mercado Da Bola: Arsenal De Olho Em Goleiro Do Barcelona

Rate this post

Para obter mais conteúdos siga o Diário Prime no Google News.
Comentários
Loading...