Publisher Theme
Art is not a luxury, but a necessity.

- Publicidade -

Albuquerque e Tavares pedem que farmácias públicas atendam de plantão; entenda

O presidente da Câmara Municipal de Nova Mutum, Altair Albuquerque (CDN), indicou a necessidade do atendimento das farmácias públicas em sistema de plantão ou horário estendido.

No entanto, a indicação nº 093/2020 foi apresentada nesta segunda (13.07) na 22ª Sessão Ordinária da Casa. De autoria conjunta do 1º secretário, Alexandre Tavares (CDN), a propositura busca ampliar o serviço de assistência farmacêutica municipal.

Contudo, no parecer dos autores, a implantação de sistema de plantões ou horas extras, irá permitir maior flexibilidade no acesso da população aos medicamentos distribuídos pela rede e que fazem parte do SUS. Evitando assim a agravação dos casos de doenças no município e posterior retorno do paciente às unidades de saúde.

“Grande parcela de pacientes que necessitam de remédios prescritos pelos profissionais não tem condições de comprar nas farmácias de plantão, levando o enfermo a retornar posteriormente, na unidade PA ou Hospital em busca de tratamento paliativo. Dessa forma, consideramos fundamental que a farmácia municipal atenda em horários de plantão ou com sistema de horas extras, para melhorar a integração dos serviços e o desenvolvimento das ações de Assistência Farmacêutica de forma integral, permitindo a garantia da qualidade dos medicamentos, e a efetiva implementação de ações capazes de promover a melhoria das condições de assistência à saúde”, afirmam os vereadores, no texto da propositura.

Portanto, uma popular que não quis se identificar, afirmou ser favorável a esta indicação, desde que haja corpo de trabalho suficiente para isso.

“Eu não vejo problema em estender o horário, ou mesmo colocar os funcionários públicos de plantão. Na verdade, eu acho ótima ideia. Mas, desde que coloquem pessoas suficiente ali, pra não ser cansativo pros funcionários. E também porque nós, que somos a população, necessitamos de um bom atendimento e de qualidade. Ainda mais em tempos de pandemia de coronavírus”, defendeu.

Panorama local

Recentemente, com a disponibilização dos medicamentos do famoso “kit-Covid”, no município, muitas pessoas têm encontrado dificuldades para encontrar os fármacos. Remédios como Ivermectina, Hidroxicloroquina e outros, tem se esgotado nos estoques das farmácias particulares em Nova Mutum.

Isso se deve à busca frenética da população por “cura” ou “prevenção” contra os efeitos da Covid-19, doença causada pelo novo Coronavírus. Portanto, conforme citado acima, muitas pessoas acabam por ficar sem os medicamentos prescritos, pela falta de recursos, e têm de esperar o final de semana sem estes medicamentos, até a reabertura das farmácias municipais, nos dias úteis da semana.

Portanto, esta proposta, que foi aprovada por todos na Câmara, irá colaborar positivamente no combate precoce ao novo Coronavírus.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.