Publisher Theme
Art is not a luxury, but a necessity.
..

Posse do chef Fogaça como síndico do prédio em que mora é cassada


O Diário Prime News é um blog independente, que não tem vínculo ou associação com nenhum banco, instituição financeira ou órgãos de proteção ao crédito, tais como SPC, Serasa, Boa Vista etc. Em caso de dúvidas fineza fazer contato pelo e-mail [email protected]. Se preferir pode fazer uma pergunta à nossa redação clicando aqui!

TV&Famosos – O famoso chef de cozinha Henrique Fogaça, que aliás também é um dos jurados do programa Masterchef, reside há  há três anos em um prédio da avenida Paulista chamado Baronesa de Arary, localizado. Curiosamente, ele se tornou o centro das atenções em uma disputa pelo cargo de síndico no edifício.

Fogaça foi eleito síndico do edifício durante uma assembleia improvisada, que ocorreu depois de uma enorme confusão na reunião que deveria ter acontecido com a administração atual do referido prédio. A posse de Fogaça ao cargo, entretanto, pode acabar não acontecendo, uma vez que foi cassada pela Justiça depois de ação movida pela administração atual do edifício.

Links que podem lhe interessar:

“Resolvi concorrer a síndico, porque tem várias pessoas da oposição aqui nesse prédio lindo, emblemático, maravilhoso, onde a vista é demais. Só que essa gestão já está há 18 anos no poder e poderíamos ter [um valor mensal de condomínio] bem melhor”, declara Fogaça.

“Tem 3.000 pessoas aqui, [o prédio] arrecada bastante dinheiro por mês, mais de R$ 300 mil”, prossegue ele, que é defensor da diminuição do custo do condomínio pelo quantidade enorme de pessoas que habitam no prédio. “E falta uma pintura no prédio, um acabamento melhor, dependência de funcionários melhor, a garagem melhor”.

Fogaça fala ainda da confusão ocorrida na assembleia na qual ele foi eleito, porém que teve seu cancelamento na Justiça. “Primeiro foi marcada uma assembleia, mas cancelaram de última hora”, explanou.

A assembleia iria acontecer dentro de um hotel, porém com a suspensão pela empresa Adtec Prime, responsável pela administração do prédio, rolou uma discussão acalorada e a Polícia Militar foi acionada para ajudar a solucionar a situação.

Com essa medida, um conjunto de moradores tomou a decisão de fazer uma reunião improvisada em outro lugar, em uma praça próxima dali, para estabelecer os direcionamentos do prédio. A atual administração, que também disputava a eleição, não acompanhou o séquito.

 


Para obter mais conteúdos siga o Diário Prime no Google News. Quer se avisado de graça sobre os melhores conteúdos em primeira mão? Receba Nossas Notificações Aqui!