Publisher Theme
Art is not a luxury, but a necessity.

Empréstimo pessoal rápido? O refinanciamento de carro pode ser uma boa opção; confira


O Diário Prime News é um blog independente, que não tem vínculo ou associação com nenhum banco, instituição financeira ou órgãos de proteção ao crédito, tais como SPC, Serasa, Boa Vista etc. Em caso de dúvidas fineza fazer contato pelo e-mail [email protected]. Se preferir pode fazer uma pergunta à nossa redação clicando aqui!

Se você está precisando de um empréstimo pessoal de valor alto e até rápido, o refinanciamento de carro pode ser uma boa opção. Taxas de juros baixas e longo prazo de pagamento também são diferenciais dessa modalidade de crédito. Entenda como esse empréstimo funciona!

Empréstimo pessoal rápido? O refinanciamento de carro pode ser uma boa opção;confira
Empréstimo pessoal rápido? O refinanciamento de carro pode ser uma boa opção;confira

Como funciona o empréstimo pessoal com refinanciamento de carro?

O refinanciamento nada mais é do que um empréstimo no qual o carro fica como garantia de pagamento para o banco.

Isso significa que se você não conseguir quitar as parcelas, o veículo pode ser leiloado para quitar a dívida.

O valor do empréstimo vai depender do valor do veículo e, claro, da análise de crédito feita pelo banco antes de fazer a liberação do crédito.

Contudo, o refinanciamento só pode ser feito com a condição de que o carro esteja no seu nome e, de preferência, quitado.

Entretanto, existem financeiras que liberam o empréstimo mesmo de um carro em financiamento, mas nesse caso, parte do dinheiro emprestado será usado para quitar as parcelas.

O dinheiro liberado pode ser utilizado da forma que você desejar, seja em uma reforma, uma viagem, para ampliar seu negócio ou para pagar dívidas.

Quanto é possível pegar emprestado?

O valor depende de alguns fatores:

  • Valor do carro (o valor financiado, em média, é de 70% do valor do veículo)
  • Se o carro está 100% quitado, pois caso tenha parcelas em aberto os valores serão abatidos.
  • Análise de crédito e da capacidade de pagamento da pessoa. Se você já usa 30% da sua renda para pagar outras parcelas fixas, o banco pode negar o empréstimo.

Contudo, para se ter uma noção e valor, os bancos podem emprestar de R$ 10 mil até R$ 2 milhões de reais.

Leia ainda: Seguro Itaú paga contas de quem ficar desempregado; saiba detalhes

Considerações importantes sobre esse tipo de operação

O carro é uma garantia do empréstimo, portanto, existe o risco de perdê-lo para o banco se a dívida não for paga.

Você também só conseguirá transferir o veículo se quitar todo o empréstimo.

Ou seja, se quiser vender o veículo, precisará pagar todo o refinanciamento para conseguir transferir o carro para o comprador.

Entretanto existe a opção de passar a dívida para o comprador, só que isso depende da aprovação do banco que avaliará o crédito do comprador e também envolve custos que o banco cobra.

Negativados em órgãos de proteção ao crédito, como o SPC e Serasa, podem ter alguma dificuldade em conseguir o empréstimo.

Contudo, muitas empresas acabam liberando a operação de crédito.

Onde é possível conseguir essa linha de empréstimo?

Todos os grandes bancos do país realizam esse tipo de operação, porém, além deles, algumas financeiras podem ter ofertas interessantes.

Conheça algumas empresas e faça sua avaliação:

Leia ainda:Como ganhar dinheiro: conheça 5 fintechs para investimentos lucrativos

Para obter mais conteúdos siga o Diário Prime no Google News. Quer se avisado de graça sobre os melhores conteúdos em primeira mão? Receba Nossas Notificações Aqui!