Publisher Theme
Art is not a luxury, but a necessity.

Empréstimo para MEI negativado: saiba como solicitar crédito mesmo com o nome sujo no SPC e Serasa


Não perca nenhum conteúdo de nosso Blog. Clique no botão abaixo e fique atualizado!

O Diário Prime News é um blog independente, que não tem vínculo ou associação com nenhum banco, instituição financeira ou órgãos de proteção ao crédito, tais como SPC, Serasa, Boa Vista etc. Em caso de dúvidas fineza fazer contato pelo e-mail [email protected]. Se preferir pode fazer uma pergunta à nossa redação clicando aqui!

MEI negativado no SPC e Serasa – Quem precisa de crédito sabe o quanto é difícil conseguir quando o nome está negativado. No entanto, existem algumas modalidades de empréstimo para negativados que o microempreendedor individual pode recorrer, ainda que esteja com o nome sujo. Confira.

Empréstimo para MEI negativado: saiba como solicitar crédito mesmo com o nome sujo no SPC e Serasa
Empréstimo para MEI negativado: saiba como solicitar crédito mesmo com o nome sujo no SPC e Serasa

Empréstimo para MEI negativado no SPC e Serasa

Existem algumas modalidades de empréstimo cujos juros costumam atrair clientes, como nos casos de empréstimos com garantias como:

  • penhora;
  • garantia de veículos;
  • refinanciamento de imóveis.

Nessas modalidades, o bem serve como garantia de pagamento. Ou seja, em caso de inadimplência, o banco ficará com o bem garantido.

Dessa forma, é importante reunir todas as documentações necessárias para comprovar a posse legal do bem.

Além disso, será necessário também um nada consta (no caso de veículos) ou certidão negativa de débitos (em caso de imóveis) que comprove a quitação dos tributos e outras obrigações.

Algumas empresas que fazem esse tipo de empréstimo:

  • Caixa Econômica – modalidade de penhor;
  • Creditas – empréstimo com garantia de veículo;
  • Finanzero – refinanciamento de imóveis e de veículos;

As taxas podem ser a partir de 0,99% ao mês.

Vale ressaltar que é possível que a operação seja feita em nome da pessoa física e não da empresa, contudo, a movimentação financeira do MEI (faturamento) poderá ser considerada como comprovação de renda, por parte das empresas.

Além disso, por ser uma operação onde é dado um bem em garantia, a operação de empréstimo tende a ser facilitada pela instituição financeira.

Veja ainda: SPC/Serasa: Banco BMG faz empréstimo parcelado em até 12 vezes para CPF negativado

O que levar em consideração antes de pedir um empréstimo para MEI

Veja um passo a passo simples e eficaz para conseguir o empréstimo que precisa, mesmo estando negativado no SPC e Serasa:

Descubra de quanto você realmente precisa

Antes de considerar um empréstimo, é recomendado verificar qual a real necessidade e, desse modo, se ater a ela.

Afinal, quanto maior for o crédito, maiores serão as parcelas e o tempo de pagamento, o que pode levar a um endividamento em caso de descontrole financeiro.

Considere o valor das parcelas mensais

Outra regra que deve ser levada em consideração, é que a quantidade de parcelas não ultrapassem 30% do orçamento. Do contrário, pode ser que o empreendedor volte a ficar inadimplente.

Portanto é interessante avaliar a real necessidade e, em seguida, considerar todo o valor gasto com as parcelas. Verificando se elas realmente cabem no orçamento.

Apresente o seu orçamento mensal

Apresentar o orçamento mensal, pode facilitar e muito a análise e concessão do empréstimo por parte da financeira, uma vez que reflete o momento financeiro que está vivendo.

Assim, o orçamento deve conter todas as informações relacionadas às finanças. Ou seja, é preciso estar discriminado tanto a renda, quanto as despesas.

Vale lembrar que ele não precisa ser perfeito, mas tem que refletir o máximo possível a realidade atual, para facilitar a análise de crédito.

Comprove a sua renda mensal

Mesmo que o nome esteja negativado, é preciso que a financeira identifique que o cliente tem condições de arcar com as parcelas do novo compromisso.

Por isso, é recomendado que o cliente recolha as provas que comprovem sua renda, antes mesmo de solicitar o empréstimo.

A movimentação bancária dos 3 últimos meses serve como comprovação de renda em caso de:

  • profissionais informais;
  • autônomos;
  • freelancers.

Como se percebe, existem diversas maneiras de conseguir um empréstimo para MEI estando negativado.

Tudo que se precisa ter em mente é a real necessidade, se o valor da parcela cabe no bolso e se existe a possibilidade de trocar as altas taxas de juros por outras menores, através de um empréstimo com garantia.

Dessa forma, o cliente poderá alavancar seus negócios, reorganizar sua vida financeira de forma mais tranquila, além de quitar dívidas anteriores e ficar com o nome limpo.

Leia mais: 3 dicas vitais para o trabalhador MEI limpar o nome e cuidar da saúde financeira de seu negócio


Para obter mais conteúdos siga o Diário Prime no Google News. Quer se avisado de graça sobre os melhores conteúdos em primeira mão? Receba Nossas Notificações Aqui!