Publisher Theme
Art is not a luxury, but a necessity.

Amazon anuncia criação de companhia aérea com mais de 70 aviões


O Diário Prime News é um blog independente, que não tem vínculo ou associação com nenhum banco, instituição financeira ou órgãos de proteção ao crédito, tais como SPC, Serasa, Boa Vista etc. Em caso de dúvidas fineza fazer contato pelo e-mail [email protected]. Se preferir pode fazer uma pergunta à nossa redação clicando aqui!

A Amazon, gigante do comércio eletrônico mundial, passará a contar com uma nova companhia, a Amazon Prime Air. Entretanto, a empresa área não será voltada a voos comercias, e sim na realização das entregas dos produtos vendidos em sua loja virtual. A novidade foi anunciada pela empresa depois que rompeu sua parceria com a FedEx, responsável pela distribuição dos seus produtos.

Prime Air realizará entrega de compras com avião

Empresa norte americana decidiu investir pesado no setor de logística.

Atualmente a marca já realiza o gerenciamento de entregas através dos drones. Porém, com o anúncio, a empresa também contará com uma frota de 70 aviões.

Além disso, a empresa norte-americana construirá hangares em parceria com alguns aeroportos. Com um prazo de inicio para 2021, a companhia aérea será responsável pela entrega das compras realizadas no site.

Saiba mais:  Novidade: saiba quais produtos o Nubank pode lançar em breve

Operação inicial só nos EUA

Apesar de a Amazon ser uma empresa de abrangência mundial, o serviço da  nova companhia aérea acontecerá apenas nos Estados Unidos.

Entretanto, assim como ocorreu no processo de ampliação das entregas com drones, o serviço deve ser expandido ao redor do mundo.

Além disso, a Amazon Prime Air deve também contar uma base aérea com capacidade de 100 aviões. De acordo com a Amazon, essa base deve ser construída no Aeroporto Internacional de Cincinnati, em Northern Kentucky.

Outra parceria que deve ser estabelecida nesse empreendimento é com a Boeing. Isso porque recentemente a Amazon anunciou a compra de 15 aviões de carga Boeing 737-800.

Saiba mais: Cartão de credito pode ser bloqueado sem você saber; entenda

Correios também estão nos planos da Amazon

Com as recentes propostas de privatizações do governo Bolsonaro, o Correios é uma das estatais que devem entrar no pacote. Desse modo, algumas empresas do setor demonstraram interesse na aquisição.

Uma das interessadas é a Amazon. Com a estrutura e geolocalização dos Correios, a empresa americana poderia implementar sua rede de entregas no país, canalizando as vendas de outras empresas através do seu serviço.

Uma outra empresa que estaria interessada na possível privatização da estatal brasileira, é a chinesa Alibaba, dona do AliExpress.

Saiba mais: Além do cartão de crédito: Cabify também aceita pagamentos em dinheiro

Para obter mais conteúdos siga o Diário Prime no Google News. Quer se avisado de graça sobre os melhores conteúdos em primeira mão? Receba Nossas Notificações Aqui!